06/03/2023 às 12h44min - Atualizada em 08/03/2023 às 00h03min

Instituto Etiene Medeiros recebe 170 alunos para início das aulas nesta terça-feira em Recife (PE)

Cento e sessenta deles integram o projeto Braçadas que Transformam. Estarão nas atividades de 2023, também, 10 jovens do Natação com Rendimento

SALA DA NOTÍCIA Gustavo Coelho
Os alunos do Instituto Etiene Medeiros estão de volta ao Centro Esportivo Santos Dumont, em Boa Viagem, no Recife (PE). É o início das aulas deste ano dos projetos desenvolvidos pelo IEM, reunindo 170 crianças e adolescentes. O Braçadas que Transformam contará com 160 participantes agora em 2023 e o Natação com Rendimento terá 10 integrantes. As atividades começam nesta terça-feira (7).

São crianças e jovens em situação de vulnerabilidade, do Recife (PE) e Região Metropolitana, que fazem parte da rede pública de ensino do Estado de Pernambuco. Eles terão acesso às atividades oferecidas pelo Instituto, fundado pela nadadora pernambucana Etiene Medeiros, com ações sempre de terça-feira a sexta-feira. Os projetos estão sendo desenvolvidos pelo IEM desde o ano passado.

"Uma felicidade muito grande receber esses alunos para iniciar um novo ano de atividades aqui, participando dos projetos do Instituto e focando em qualidade de vida", afirma Etiene.

Com o objetivo de promover o desenvolvimento integral dos alunos, o Braçadas que Transformam oferece aulas de natação e, também, de Cidadania, Cultura e Diversidade, além de acompanhamento pedagógico, apoio psicossocial e nutricional do grupo. O projeto tem a missão de combater as desigualdades de gênero, classe social e raça, além de garantir que a prática esportiva, aliada às atividades pedagógicas e culturais, proporcione impactos substanciais na vida dos alunos, familiares e comunidade.

Já o grupo de 10 jovens que faz parte do Natação com Rendimento vai encarar uma rotina de treinos, competições, acompanhamento psicossocial e orientação nutricional. Esse projeto de Rendimento do IEM teve início em 2020, mas precisou dar uma pausa nas atividades por conta da pandemia da Covid-19, voltando em 2021. Em 2022, seus integrantes disputaram a primeira competição fora da capital pernambucana, tendo viajado para João Pessoa, na Paraíba, para o Campeonato Norte/Nordeste de Natação.

Etiene Medeiros - Primeira brasileira a conquistar uma medalha de ouro em um Mundial de Natação, Etiene está entre as melhores do mundo nos 50 metros costas há seis anos. Antes do título em 2017, em Budapeste (HUN), foi quarta colocada no Mundial em Barcelona 2013 e bronze em Kazan 2015. Ela também é bicampeã do mundo em piscina curta (Doha/2014, quando bateu o recorde mundial, e Windsor/2016), além da vitória no revezamento medley misto em 2014. Em 2019, acrescentou mais uma medalha em Mundiais, a prata nos 50 m costas. Única brasileira bicampeã pan-americana de natação - ganhou ouro nos 100 m costas em Toronto, em 2015, e nos 50 m livre em Lima, em 2019 -, Etiene soma nove medalhas no Pan, sendo quatro no Canadá e cinco no Peru.

Sobre o IEM - O IEM contribui para a formação de crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade com aulas de natação, desenvolvimento de habilidades, cidadania, cultura e diversidade, além de acompanhamento psicossocial do grupo e encontros com nutricionista para orientações alimentares. Todas as atividades são realizadas no parque aquático do Centro Esportivo Santos Dumont, em Boa Viagem, de terça a sexta-feira. Os alunos fazem parte da rede pública de ensino do Estado de Pernambuco e irão precisar participar de até 75% das atividades mensais do IEM. A não participação acarretará o desligamento e a abertura de nova vaga. 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Manezinho News Publicidade 1200x90
Contato pelo whatsapp...
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp