13/03/2021 às 13h31min - Atualizada em 13/03/2021 às 13h31min

​Polícia Civil prende três suspeitos de integrarem uma quadrilha de furtos a caixas eletrônicos em Florianópolis

Da Redação
A Polícia Civil esclareceu furto a caixa eletrônico em Florianópolis e prendeu preventivamente três suspeitos de integrarem uma quadrilha de caixeiros. A ação foi por meio do Setor de Investigação e Capturas da Delegacia de Polícia da Capital - Continente (DPCap-Continente).

O crime ocorreu no dia 17 de janeiro, por volta das 7h20, quando quatro homens arrobaram o caixa-eletrônico do Banco Bradesco, localizado no interior do Supermercado Angeloni, no bairro Jardim Atlântico. Na ocasião, os homens furtaram  R$ 318 mil.

Após a troca de informações entre a Divisão de Investigação Criminal (DIC) de Joinville e a DEIC de São Paulo, dois criminosos foram identificados e verificou-se que tratava-se de integrantes de uma quadrilha de caixeiros atuante em todo o território nacional. Os suspeitos foram identificados também como autores de dois furtos na região de Bauru/SP e outro no Estado do Rio de Janeiro. Além disso, em razão do modo de agir, são suspeitos da prática de diversos furtos somente no ano de 2020.

No dia 28 de janeiro, em apoio à DEIC/SP, a equipe da DPCap-Continente cumpriu mandando de busca e de prisão na casa de um dos investigados, logrando êxito em capturá-lo e na apreensão de diversas brocas utilizadas nos furtos a caixas-eletrônicos, além de cadernos com anotações importantes. As investigações tiveram continuidade pela equipe de Florianópolis, a qual conseguiu identificar outros dois homens envolvidos no furto, razão pela qual o Poder Judiciário deferiu as representações pela prisão preventiva dos quatro suspeitos identificados e pela realização de nove buscas e apreensões na cidade de Joinville.

Na manhã do dia 11/03/2021, foi deflagrada Operação Drillers, para cumprimento dos mandados. Durante a operação, que contou com apoio da DIC e demais Delegacias da Comarca de Joinville, foram apreendidas mochilas e roupas utilizadas durante a ação criminosa e cumpridos três mandados de prisão preventiva em desfavor de investigados, restando apenas um suspeito foragido. 

Em continuidade à operação, no dia 12 de março, os investigadores da DPCap-Continente identificaram o paradeiro dos veículos utilizados durante o furto e realizaram a apreensão dos automóveis na cidade de Curitiba, no Paraná. Um dos automóveis foi utilizado também nos furtos na região de Bauru/SP e no Rio de Janeiro.
Link
Notícias Relacionadas
Comentários »
Contato pelo whatsapp...
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp