12/03/2021 às 18h48min - Atualizada em 12/03/2021 às 18h48min

​Figueirense divulga nota oficial sobre pedido de recuperação judicial

Da Redação
Divulgação
Após a Justiça divulgar que o Figueirense entrou com um pedido de recuperação judicial nesta sexta-feira, o clube se manifestou em seu site oficial, confirmando a ação e explicando que se trata de uma medida necessária, protocolada na Comarca de Florianópolis, dentro do plano de reestruturação do clube.

O Figueira, que está no ano de seu Centenário, também vive seu pior e mais dramático momento financeiro, com uma dívida de mais de R$ 165 milhões.

"O Figueirense Futebol Clube comunica que protocolou pedido de tutela cautelar em caráter antecedente na última quinta-feira (11/03) na Vara Regional de Recuperações Judicias, Falências e Concordatas da Comarca de Florianópolis/SC.
A ação foi desenhada pelo clube junto de seus consultores jurídicos e financeiros, Alvarez & Marsal e Galdino & Coelho Advogados, respectivamente, utilizando o mecanismo legal, previsto na nova Lei de Falências e Recuperação Judicial (Lei 14.112/20). Esse movimento se deve à necessidade do clube em buscar proteção judicial para preservar a liquidez operacional do clube enquanto repactua seu passivo junto a credores.

Nos últimos anos, o Figueirense foi afetado por uma combinação de fatores que o levou à vultosa dívida, sem precedentes na história centenária do clube.

Isso ocorreu, principalmente, por conta de parcerias infrutíferas e dos graves efeitos que a pandemia da COVID-19 gerou sobre a sua capacidade de manutenção de determinadas fontes de receitas, de geração de novas e ainda impactou a sua operação-futebol.

A medida, se aprovada pelo juiz, suspendendo a cobrança dos créditos por 30 dias, garantirá a preservação dos ativos do clube e a própria operação-futebol, promovendo um ambiente seguro para que o Figueirense e seus consultores possam renegociar as dívidas com os credores de maneira coordenada, global, sob a fiscalização do Judiciário e sem ameaças de bloqueios e expropriações", diz a nota.

A nota é assinada por Norton Flores Boppré, presidente do Conselho Administrativo do Figueirense Futebol Clube, Francisco de Assis Filho, presidente do Conselho Deliberativo do Figueirense Futebol Clube e  Luiz Angelo Sombrio, presidente do Conselho Fiscal do Figueirense Futebol Clube
Link
Notícias Relacionadas
Comentários »
Contato pelo whatsapp...
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp