07/10/2020 às 12h38min - Atualizada em 07/10/2020 às 12h38min

Com 1.533 leitos de UTI para Covid, Santa Catarina quer aumentar vagas

Da Redação
Mauricio Vieira/Secom
Santa Catarina tem, atualmente, 1.533 leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) na rede pública de saúde, voltados para o tratamento de pacientes com o novo coronavírus. Segundo o governo do estado, isso representa uma alta de 127% em relação ao ano anterior. A meta, agora, é ampliar ainda mais o número, apesar da estabilidade no número de casos na região.

Na última segunda-feira, após portaria do Ministério da Saúde, Santa Catarina ganhou mais 45 leitos, distribuídos entre nos municípios de Balneário Camboriú, Brusque, Florianópolis, Içara e Joinville.

Foram habilitadas UTIs nos hospitais Ruth Cardoso (10), Azambuja (12), Imperial de Caridade (5), Fundação Hospitalar de Içara (10) e Bethesda (8). A habilitação dos novos leitos de terapia intensiva é válida por 90 dias, podendo ser prorrogada por mais 30 dias..

O secretário de Estado da Saúde, André Motta Ribeiro, foi a Brasília nesta última quarta-feira para tratar da manutenção das UTIs em Santa Catarina. “O objetivo é manter parte da estrutura para atendimento da demanda das cirurgias eletivas, que deixaram de ser realizadas durante a pandemia”, completa.
Link
Notícias Relacionadas
Comentários »
Contato pelo whatsapp...
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp