05/03/2021 às 00h00min - Atualizada em 05/03/2021 às 00h00min

​Parceria promove prevenção e capacitação para mulheres vítimas de violência

Da Redação
Marcos Santos/USP
A Polícia Civil de Santa Catarina firmou parceria com o Senac SC e vai lançar o projeto Senac e Polícia Civil Por Elas. Será por meio da Coordenadoria das DPCAMIs (Delegacias de Polícia de Proteção à Criança, ao Adolescente, à Mulher e ao Idoso).

O objetivo é implementar ações de enfrentamento à violência contra a mulher em Santa Catarina. O lançamento oficial do acordo de cooperação acontecerá no dia 8 de março, Dia Internacional da Mulher.

De acordo com os idealizadores, esse trabalho conjunto foi estruturado em dois segmentos: a capacitação dos alunos, professores e comunidade escolar do Senac SC, na identificação de episódios de violência contra a mulher e orientação para enfrentar este tipo de situação – que será realizada pela Polícia Civil. E, ainda, a oferta de cursos gratuitos às mulheres vítimas de violência, por meio do Programa Senac de Gratuidade (PSG). A instituição de ensino vai oferecer vagas nos cursos de qualificação profissional, visando a autonomia financeira e um recomeço para mulheres que estão em relacionamentos abusivos.

Em 2020, foram registrados 57 feminicídios em Santa Catarina. Mesmo antes da pandemia da Covid-19, a violência contra mulheres já atingia pelo menos uma a cada três mulheres em todo o mundo, segundo dados da Organização Mundial da Saúde - OMS. Na maioria dos casos, as vítimas permanecem em relações abusivas porque dependem financeiramente dos parceiros. Dessa forma, oferecer capacitação e possibilitar a entrada no mercado de trabalho está entre os caminhos para quebrar o círculo de violência, trazendo expectativa de uma vida melhor para estas mulheres.

“Em Santa Catarina temos 100% dos feminicídios solucionados. Mas não adianta apenas as polícias e a segurança fazerem a sua parte. Esta questão necessita de ações permanentes de prevenção e diz respeito a todos nós, como cidadãos, que temos que nos envolver, porque sozinhos não vamos vencer”, alerta o Delegado Geral da Polícia Civil, Paulo Koerich.


Para a coordenadora das DPCAMIs em Santa Catarina, a delegada de polícia Patrícia Zimmermann D’Ávila, com a parceria deverá ser viabilizado emprego e renda a essas mulheres, tornando possível o rompimento da dependência financeira e, com isso, a uma vida livre de toda forma de violência.

Cursos profissionalizantes

O projeto prevê a disponibilização de cursos profissionalizantes gratuitos nas unidades do Senac SC em todo Estado para mulheres Cis e Trans indicadas pela Polícia Civil. O Senac SC reconhece a situação de violência contra mulheres como uma questão a ser enfrentada por meio de ações concretas e parcerias como esta, com o Programa Polícia Civil por Elas, que atua na linha de proteção, atendimento e apoio a essas mulheres em situação de vulnerabilidade.

“Reconhecendo a seriedade e compromisso da Polícia Civil, o Senac SC se une a esta instituição com o objetivo de desenvolver ações educativas para conscientizar alunos e comunidade escolar sobre a violência de gênero, ciclo da violência e rede de proteção. O projeto conta, ainda, com a oferta de vagas em diferentes cursos de formação profissional, como forma de contribuir para a autonomia financeira”, afirma Camila Braga Bittencourt, analista de educação inclusiva do Senac SC.

O Programa Polícia Civil por Elas, criado pela Coordenadoria das DPCAMIs (Delegacias de Proteção à Criança, ao Adolescente, à Mulher e ao Idoso), tem por objetivo atuar em diferentes frentes e garantir desde a prevenção até o atendimento adequado às mulheres e famílias vitimadas pela violência.

A iniciativa começou em 2018 e desenvolve atividades pelo Estado, por exemplo, entre seminários de formação interssetorial e grupos reflexivos para adolescentes, para mulheres e homens envolvidos em situações de violência, entre outras frentes.
Link
Notícias Relacionadas
Comentários »
Contato pelo whatsapp...
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp