12/02/2021 às 00h00min - Atualizada em 12/02/2021 às 00h00min

Florianópolis distribui 36 mil chips de internet para alunos da rede municipal

Da Redação
PMF
“Sem desculpas pela internet ruim, agora vou estudar mais, aprender mais. Já escrevi um livro, agora quero até fazer mais um”. A animação com o novo ano letivo tomou conta da Dona Adélia Domingues, de 85 anos, primeira estudante da Educação de Jovens e Adultos (EJA) da prefeitura de Florianópolis a receber um dos mais de 30 mil chips de internet para auxiliar nas aulas à distância.

Moradora do Rio Vermelho, ela é uma dos mais de 1.600 estudantes da EJA da Prefeitura de Florianópolis que irão receber o equipamento. Mais de 30 mil estudantes e profissionais da educação municipal vão receber também os chips com 20GB no pacote de dados mensais, gratuitamente, e renovação da internet durante todo o ano letivo de 2021. Receberão também alunos matriculados na pré-escola dos níveis G5 e G6 (entre 4 e 5 anos de idade) e do ensino fundamental do 1º ao 9º ano.

O chip para a simpática estudante da EJA foi entregue diretamente pelo prefeito Gean Loureiro e secretário de Educação Maurício Fernandes Pereira.

“Este é o maior programa de inclusão digital que a educação de Florianópolis já presenciou, é uma garantia da democratização do acesso à informação para todos aqueles estudantes que não tinham essa oportunidade”, ressalta o prefeito Gean Loureiro (DEM).
 
Maurício destaca que, “mesmo com a pandemia, que ainda segue sendo uma grande preocupação, estamos provando que iremos conseguir manter um ano letivo com educação de qualidade, sendo presencial ou à distância, oferecendo as ferramentas que nossos estudantes necessitam”.

Enquanto dona Adélia não pode se encontrar pessoalmente com os amigos na EJA do Núcleo de Estudos da Terceira idade (Polo NETI-UFSC), ela se alegra em saber que poderá continuar vendo eles diariamente, mesmo que à distância. E completa: “Depois da vacina a gente se encontra e mata a saudade. Ah, e vamos estudar muito também”.

Entrega dos chips

O chamamento dos pais ou responsáveis e a distribuição dos chips estão sendo feitos pelas próprias unidades de ensino, encarregadas dessa logística. Mesmo nos casos em que dois irmãos fazem parte do grupo que receberá o chip, será entregue uma unidade por estudante da Rede Municipal de Ensino. O valor total investido foi de R$ 7.689.600 na compra das 36 mil unidades e renovação durante todo o ano. 

Na EJA, o início das aulas começa de forma online e no dia 10 de março começa o ensino híbrido. No caso de pessoas do grupo de risco, como pessoas idosas, haverá opção de manter somente o ensino à distância.
Link
Notícias Relacionadas
Comentários »
Contato pelo whatsapp...
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp