14/09/2022 às 14h54min - Atualizada em 15/09/2022 às 02h35min

Como a Inteligência Artificial evita o desperdício de dinheiro em tratamentos

Da redução do tempo de internação à diagnósticos mais precisos: tecnologia da Healthtech Laura facilita a prevenção de doenças e reduz os gastos com tratamentos de saúde

SALA DA NOTÍCIA Isabel Franson
https://laura-br.com/
Laura/divulgação

São Paulo, setembro de 2022 - Gastos em saúde realmente pesam no bolso daqueles que buscam atendimento particular - e também no orçamento dos planos de saúde. Exames e medicamentos desnecessários, além do elevado tempo de internação dos pacientes, são algumas das razões para esse alto investimento - mas que podem ser evitadas!

A inteligência artificial é peça fundamental nesse processo: com o acompanhamento regular de pacientes crônicos, é possível estabilizar e evitar complicações das doenças, reduzindo assim, a utilização do pronto socorro e a taxa de internação. No âmbito Hospitalar, ter o histórico do paciente em forma de dados estruturados, possibilita uma intervenção mais rápida e precisa, o que evita a realização de exames desnecessários e a compra de medicamentos que não são adequados. A IA é o melhor caminho para subsidiar a tomada de decisões. 

Cristian Rocha, CEO da Laura, destaca que a inteligência artificial também tem importante atuação na agilidade com que as informações são analisadas, permitindo que o profissional da saúde priorize o cuidado com o paciente. 

“Hoje um médico e sua equipe assistencial passam cerca de 50% de seu tempo analisando informações de prontuários eletrônicos e apenas 25% com o paciente, de acordo com o estudo Allocation of Physician Time in Ambulatory Practice, publicado no jornal acadêmico Annals of Internal Medicine. Logo, utilizar ferramentas tecnológicas que permitam uma comunicação mais integrada e um trabalho mais estratégico dos profissionais da área é de suma importância para ampliar o acesso à saúde e tornar o cuidado com os pacientes mais eficiente”, afirma. 

Linhas de cuidado

Acompanhar os pacientes bem de perto é uma excelente forma de reduzir o desperdício de recursos em saúde. Sabendo as reais necessidades do paciente e acompanhando-o, as linhas de cuidado identificam de forma antecipada mudanças na condição clínica e sugerem adequações necessárias. Também evitam a solicitação de exames repetidos por diversos profissionais a um mesmo paciente, que passa por um único médico de família, tendo consultas pontuais com especialistas quando necessário. 

Isso tudo é possível através da tecnologia, que permite previsibilidade; ações; integração de informações; e comunicação entre profissionais.

Sobre a Laura

Eleita em 2021 como TOP 10 Open Startups, ranking que reconhece as startups mais atraentes para o mercado corporativo no país, a Laura dispõe de uma das maiores centrais de dados clínicos do mundo: são cerca de 13 milhões de atendimentos já realizados e mais de 4 milhões de pacientes únicos em sua plataforma.

Fundada em 2016, a Healthtech faz uso de algoritmos de inteligência artificial, bem como da geração e integração de dados, a fim de entregar uma visão 360º às equipes clínicas e proporcionar o melhor cuidado aos pacientes. Por meio da oferta de medicina personalizada, promove ainda o acolhimento e direcionamento apropriados, possibilitando melhores desfechos clínicos.

Com um crescimento em receita de 143% no ano passado, a Laura conta hoje com mais de 100 colaboradores, que trabalham em conjunto, de todo o Brasil, unidos pelo propósito de salvar vidas diariamente. 

 

MAIS INFORMAÇÕES PARA IMPRENSA

NR-7 Comunicação

[email protected]

Camila Callegarette

[email protected]

Isabel Franson

[email protected]


 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Manezinho News Publicidade 1200x90
Contato pelo whatsapp...
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp