10/02/2021 às 00h00min - Atualizada em 10/02/2021 às 00h00min

SC aposta em novo programa de atração de investimentos para regiões com menor IDH

Da Redação
Julio Cavalheiro/Secom
De olho nas regiões com menor IDH (Índice de Desenvolvimento Humano) no estado, o Invest SC (Programa para Atração de Investimentos e Incentivos a Novos Negócios para o Estado de Santa Catarina) foi lançado no início desta semana. O programa também visa identificar fontes de financiamento para investimentos e setores ou investidores potenciais para essas regiões.]

Outra meta do programa é atrair novos investidores para Santa Catarina, além de auxiliar na criação e manutenção de mecanismos para disponibilizar informações sobre negócios estratégicos aos investidores.

“A criação desse grupo de trabalho com representantes dos setores público e privado vai atrair investidores e criar ainda mais oportunidades para os catarinenses. Nosso objetivo é que Santa Catarina cresça ainda mais do que já vem crescendo e gerar mais desenvolvimento para o nosso Estado”, afirmou o governador Carlos Moisés (PSL), na segunda-feira.

O governador Carlos Moisés da Silva assinou na tarde desta segunda-feira, 8, decreto que institui o Programa para Atração de Investimentos e Incentivos a Novos Negócios para o Estado de Santa Catarina (Invest SC). Com a medida, o Governo do Estado pretende atrair novos investimentos para o território catarinense além de auxiliar o investidor em potenciais projetos de novos negócios.

O recém-empossado secretário do Desenvolvimento Econômico Sustentável (SDE), Luciano Buligon, o subchefe da Casa Civil, Juliano Chiodelli, e o secretário executivo de Meio Ambiente, Celso Albuquerque, também assinaram o decreto.

O novo secretário de Desenvolvimento Econômico do estado, Luciano Buligon, também ressaltou a importância da iniciativa. “Assumimos com muito otimismo esse novo desafio. Nosso objetivo é manter tudo o que foi conquistado até aqui, como é o caso do Programa Invest SC, e ampliar o diálogo entre o setor público e privado. Santa Catarina já tem apresentado números incríveis na economia, mas temos a oportunidade de avançar ainda mais, com a atração de novos investimentos e a preparação do momento de pós-pandemia”, afirmou.

O grupo ainda acompanhará tanto as etapas de concretização dos negócios quanto a instalação das empresas e irá sugerir a execução de missões comerciais, feiras, roadshows e encontros de negócios.

Para operacionalizar o Invest SC, o decreto cria um núcleo interinstitucional, presidido pela Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico e Sustentável e com membros da Secretaria de Estado da Fazenda, Secretaria Executiva do Meio Ambiente, Secretaria de Estado da Administração, Secretaria de Estado da Infraestrutura e Mobilidade, Secretaria Executiva de Assuntos Internacionais, SCPAR e da Fiesc (Federação das Indústrias de Santa Catarina).

O grupo terá como atribuições acompanhar os trabalhos desenvolvidos, propor políticas gerais para o desenvolvimento econômico regional, mediante ações que atraiam e facilitem investidores, nacionais e estrangeiros, e os informem sobre as possibilidades oferecidas pelo Estado, além de propor diretrizes para atração de investimentos e incentivos a novos negócios para o Estado.

Também participaram do ato de assinatura do decreto o presidente da Fiesc, Mario Aguiar, o secretário da Fazenda, Paulo Eli, e a secretária executiva de Assuntos Internacionais, Daniella Abreu.
Link
Notícias Relacionadas
Comentários »
Contato pelo whatsapp...
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp