28/01/2021 às 00h00min - Atualizada em 28/01/2021 às 00h00min

​Em reformulação, Brusque apresenta reforços no dia 1º de fevereiro

Marcos Eduardo Carvalho
Jefferson Alves/Brusque FC
Em uma temporada que promete ser dura, com a disputa do Campeonato Brasileiro da Série B a partir de maio, o Brusque já trabalha na reformulação e reforço do time para 2021. No dia 24 de fevereiro, já estreia no Campeonato Catarinense, onde é o atual vice-campeão. E ainda vai disputar a Copa do Brasil.

O executivo de futebol do clube, André Rezini, afirmou que no dia 1º de fevereiro os primeiros reforços chegam. Alguns, segundo ele, terão contratos até o final do estadual. Outros, já com contratos até o final da Série B do Brasileiro.

O dirigente também anunciou a dispensa de seis jogadores, que tiveram os contratos encerrados e não renovados -- João Carlos, Ronael, Gustavo Henrique, Anderson Martins, Eliomar e o atacante Índio. Outros nomes ainda poderão sair.
Além deles, o volante Juan e o atacante Fabinho serão emprestados para o Hercílio Luz, recém-promovido à elite estadual.

Outros atletas, como o volante Escuro e os atacantes Baianinho e o atacante Ronan, ainda estão com futuro indefinido. A meta é manter a base do time titular da última temporada.

“Em maio, vamos entrar em uma disputa muito forte a nível de Brasil, que tem camisa, tradição, torcida, então temos que manter equipe competitiva”, disse o dirigente.

“Estamos olhando o mercado dentro da nossa realidade financeira. Vamos fazer com muita tranquilidade, muita calma. Nosso maior reforço é a manutenção do atual elenco, dos ditos titulares. Jogadores vencedores, comprometidos. E vamos agregar com reforços pontuais para devagar ir buscando essa reformulação que tem que ser feita”, afirmou Rezini.

“Já temos reforços apalavrados, contratados, mas vamos esperar chegar para apresentar oficialmente. Outros apalavrados e vamos passar a todos vocês da imprensa”, disse.

“Até pouco tempo atrás era um sonho disputar uma Série B de Brasileiro. Agora, é realidade. A responsabilidade e a cobrança aumenta muito. Não tínhamos planejado uma Série B tão rápida. O que se pode planejar é uma estrutura física, estrutura financeira, uma gestão, comprometimento com os departamentos. Os resultados não temos como planejar. Tu podes até sonhar, colocar no papel, mas planejamento é sempre o próximo jogo que vem pela frente”, continuou o executivo do Brusque.

Segundo ele, o Brusque vai para seis Copas do Brasil seguidas e é motivo para orgulho e satisfação. “A torcida pode esperar um time comprometido, aguerrido, alguns jogadores conhecedores da Série B do Brasileiro. O Brusque vai fazer uma boa campanha no Campeonato Catarinense. Sei que o Brusque é pequeno na Série B, mas não pode se apequenar”, finaliza.
Link
Notícias Relacionadas
Comentários »
Contato pelo whatsapp...
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp