27/01/2021 às 17h19min - Atualizada em 27/01/2021 às 17h19min

Ronny marca duas vezes e Atlético Catarinense pode perder na volta por até um gol para ser campeão

Marcos Eduardo Carvalho
L3 design / Comunicação - CAC
O Atlético Catarinense venceu o Nação de Joinville por 2 a 0 nesta quarta-feira à tarde, no estádio Ênio Amantino da Silva, em São José, e abriu vantagem no jogo de ida das finais do Campeonato Catarinense da Série C, ficando mais perto do título inédito, logo em seu primeiro ano de profissionalismo.

Com o placar, o time comandado pelo técnico Edu Salles pode perder por até um gol de diferença na volta para ficar com o caneco. Os dois times já garantiram o acesso à Série B de 2021, quando a Águia Josefense vai poder fazer o duelo regional contra o Guarani de Palhoça.

O segundo jogo das finais será sábado, às 16h, na Arena Joinville, casa do Nação.

O JOGO.

Nesta quarta, o CAC começou em cima, mas aos 6min o goleiro João Guckert saiu jogando errado, quase perdeu a bola e teve que cometer falta na meia lua, levando cartão amarelo.

Um minuto depois, com Ronny, a Águia Josefense teve a primeira boa chance, com Ronny, que chutou rasteiro, à esquerda do goleiro. Melhor em campo, o time da casa insistiu e abriu o placar aos 13min. Após jogada pela direita, Ronny se antecipou aos zagueiros e chutou no canto esquerdo: 1 a 0.

E Ronny estava inspirado. Aos 21min, ajeitou a bola na intermediária e chutou forte; a bola ainda resvalou no travessão e entrou. Um golaço: 2 a 0 para o Atlético Catarinense.

O gol deu ainda mais tranquilidade ao time da casa, que controlava a partida e não deixava o Nação levar real perigo ao gol. E o goleiro visitante, Paulo Sérgio, tinha que trabalhar bastante. O CAC estava em cima.

Nos minutos finais do primeiro tempo, o Nação melhorou. E Atlético Catarinense passou a errar muitos passes no campo de defesa, dando chances ao adversário, que levou perigo em alguns momentos.

No segundo tempo, o Nação voltou melhor. O time josefense não conseguia mais ter o mesmo domínio e perdeu espaço no campo. Os visitantes levavam perigo nos primeiros minutos.
 
A primeira boa chegada do CAC no segundo tempo veio só aos 19min, com Ramiro, em cobrança, de falta, com a bola passando perto do gol.

A partida foi ficando mais concentrada no meio do campo, truncada, e com poucas oportunidades de gols para os dois lados. Na reta final da partida, o Nação fez uma nova investida ofensiva para tentar diminuir o placar. Porém, o time da casa conseguiu segurar o placar.

Link
Notícias Relacionadas
Comentários »
Contato pelo whatsapp...
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp