21/01/2021 às 19h41min - Atualizada em 21/01/2021 às 19h41min

Chapecoense marca gol no final, vence e assume a liderança do campeonato

Marcos Eduardo Carvalho
Marcio Cunha/ACF
Com um gol de pênalti, aos 50min do segundo tempo, a Chapecoense venceu a Ponte Preta por 1 a 0 na tarde desta quinta-feira, na Arena Condá, em Chapecó, pelo fechamento da 36ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B.

Com o resultado, o Verdão do Oeste ultrapassou o líder América-MG, que segue com 69 pontos. A Chape tem 70 e só depende das próprias forças para ficar com o título. A Ponte, que ainda sonha com o acesso, ficou com 51 e está cinco atrás do CSA, o último time dentro do G-4. Ainda restam mais duas rodadas para o final do campeonato.

Agora, o time comandado pelo técnico Umberto Louzer volta a jogar na segunda-feira, às 17h, quando visita o Operário-PR, em Ponta Grossa.

O JOGO.

Mesmo como mandante, a Chape encontrou dificuldades no começou contra uma determinada Ponte Preta, que vinha embalada e buscando se aproximar do G-4. Aos 8min, com Camilo em cobrança de falta, os paulistas quase abriram o placar; a bola passou por cima do gol.

A Chape tentava aproveitar os espaços para os contra-ataques e até criava algumas chances, mas a Ponte era melhor, embora sem levar grande perigo.

Aos poucos, o time da casa ia melhorando, mas aos 26min perdeu o atacante Mike, lesionado, que foi substituído por Aylon.

Aos 40min, Luan, que já tinha cartão amarelo, entrou solando, fez falta em Alan Ruschel e foi expulso pelo árbitro.
E, no primeiro ataque após o recomeço do jogo, aos 45min, Aylon acertou a trave e, no rebote, foi a vez de Anselmo Ramon, no rebote, acertar de novo o poste.

No segundo tempo, com vantagem numérica, a Chapecoense foi para cima. A Ponta estava recuada, com o time da casa tentando chegar principalmente nas jogadas aéreas.

Mesmo com um a menos, a Ponte não desistia e tentava levar perigo nos contra-ataques. E a Chape não sabia aproveitar os espaços deixados.

O tempo ia passando e o 0 a 0 persistia. A Chepecoense tentou pressionar no final, enquanto a Ponte Preta ainda acreditava.

Aos 40min, a Chape ainda perdeu o atacante Paulinho Moccelin, que se machucou após sofrer uma falta no meio de campo. Como já tinha feito todas as alterações, o time da casa teve também que ficar com 10 em campo.
Aos 46min, em rápido contra-ataque, a Ponte Preta quase definiu o jogo, mas o goleiro João Ricardo fez defesa espetacular, cara a cara com o atacante paulista.

Mas, aos 50min, a Chapecoense conseguiu um pênalti e, na cobrança, Perotti chutou com força, no canto direito, rasteiro, garantindo a vitória.
Link
Notícias Relacionadas
Comentários »
Contato pelo whatsapp...
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp