21/01/2021 às 00h00min - Atualizada em 21/01/2021 às 00h00min

Palhoça imuniza 34% do total necessário na primeira fase da vacinação contra a Covid-19

Da Redação
Prefeitura de Palhoça
O clima foi de alívio nesta semana com o início da vacinação contra o novo coronavírus em Palhoça. No entanto, apenas 34% do chamado grupo de risco – profissionais da saúde, indígenas e idosos em casas de repouso – foram imunizados no primeiro dia de vacinação.

O primeiro lote teve 2.640 doses para o município. Com essa quantidade, será possível imunizar 2.343 profissionais de saúde, 112 pessoas institucionalizadas (casas de repouso) com mais de 60 anos, além de 185 indígenas, que são vacinados diretamente pela Secretaria Especial de Saúde Indígena do Ministério da Saúde (Sesai). 
Segundo a prefeitura, a primeira etapa continuará imediatamente após o município receber a segunda remessa de doses.

O prefeito Eduardo Freccia lembrou a importância dos profissionais de saúde. “Meu agradecimento especial a essas pessoas que dedicam sua vida em salvar o próximo, mesmo se expondo a um risco. Para os outros grupos prioritários, a prefeitura também está totalmente preparada para aplicar novas doses, assim que o governo encaminhá-las”, conclui Freccia.

O secretário municipal de saúde, Rosinei Horácio, explicou que, para a vacinação contra a Covid-19, são considerados profissionais de saúde os trabalhadores da rede pública e privada do município, profissionais de outras cidades que residem em Palhoça, além dos que atuam nas Instituições de Longa Permanência (ILPs).

"A todos vocês, profissionais da saúde que estiveram este tempo todo na linha de frente, nosso muito obrigado. Trabalhando juntos, vamos alcançar essa vitória, que é de todos nós", almeja.
 
As vacinas serão aplicadas em duas doses, com intervalo de quinze dias, e o Estado retém a segunda para garantia de disponibilidade.

O Plano Estadual de Vacinação, em consonância com o Plano Nacional contra a COVID-19, prevê a imunização em quatro etapas, obedecendo critérios logísticos de recebimento e distribuição das doses pelo Ministério da Saúde.
 
Na 1ª fase, que acabou de iniciar, serão vacinados somente profissionais de saúde, pessoas com mais de 75 anos, idosos institucionalizados com mais de 60, trabalhadores das Instituições de Longa Permanência (ILPs) e população indígena (que são vacinados diretamente pela Secretaria Especial de Saúde Indígena do Ministério da Saúde -Sesai). Na 2ª fase, será a vez das pessoas com idade entre 60 e 74 anos.

Na terceira etapa, pessoas que apresentam alguma comorbidades como diabetes mellitus, hipertensão, doença pulmonar obstrutiva crônica, doença renal, doenças cardiovasculares e cerebrovasculares, anemia falciforme, câncer, obesidade grave (IMC≥40) e indivíduos transplantados serão imunizados.

Na 4ª e última fase, professores, profissionais das forças de seguranças e salvamento, além de funcionários do sistema prisional vão receber a vacina.
 
Link
Notícias Relacionadas
Comentários »
Contato pelo whatsapp...
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp