19/01/2021 às 19h01min - Atualizada em 19/01/2021 às 19h01min

Casos ativos de Covid-19 em SC aumentaram 25% na primeira quinzena de janeiro, diz UFSC

Da Redação
Julio Cavalheiro/Secom
O Núcleo de Estudos de Economia Catarinense (Necat) da UFSC publicou, no dia 18 de janeiro de 2021, a 36ª edição de seu boletim com o artigo “Casos ativos aumentaram 25% na primeira quinzena de janeiro”. O Núcleo é coordenado pelo professor Lauro Mattei, do Departamento de Economia e Relações Internacionais da UFSC e do Programa de Pós-Graduação em Administração da instituição.

De acordo com o documento, “O número de casos oficiais saltou de 515.209, em 8 de janeiro de 2021, para 537.036, em 15 de janeiro de 2021, representando um crescimento percentual de 4,5% no período considerado. Em termos absolutos, significou a contaminação de mais 21.827 pessoas em apenas sete dias. Mas chama atenção que neste mesmo período ocorreram mais 252 óbitos. Com isso, registra-se que apenas nos primeiros quinze dias do ano novo 583 pessoas já perderam a vida pela doença.

Esse padrão de evolução da doença, segundo o boletim, mostra a continuidade do espraiamento da Covid-19 por todas as vinte microrregiões catarinenses, sendo que em algumas delas a contaminação continua avançando fortemente. Com isso, em termos de número de casos, o estado permanece na 3ª posição no ranking nacional dentre as unidades da federação com os maiores registros oficialmente confirmados. Já em termos do número de óbitos, verifica-se que o estado passou a figurar em 12º lugar dentre as unidades da federação com os maiores números de mortes.

Link
Notícias Relacionadas
Comentários »
Contato pelo whatsapp...
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp