27/05/2022 às 12h52min - Atualizada em 28/05/2022 às 00h01min

5 mitos sobre profissões de tecnologia que quem pretende mudar de carreira precisa saber

ironhack repassa alguns dos maiores mitos sobre carreiras em tecnologia

SALA DA NOTÍCIA ..

É cada vez mais comum ver profissionais com interesse em migrar para carreiras de tecnologia como programação e desenvolvimento web - profissões tidas como as do futuro. No entanto,  após ler sobre longas horas de trabalho, baixa segurança no emprego e requisitos de habilidades intimidantes, parte dessas pessoas acaba voltando atrás. Para ajudá-los a superar quaisquer restrições sobre uma mudança de carreira, a Ironhack, escola global de tecnologia, repassa alguns dos maiores mitos sobre carreiras em tecnologia. 

Mito 1: Você precisa de um diploma para avançar em tecnologia
A crença de que os desenvolvedores precisam de um diploma em um assunto relevante é um dos mitos mais persistentes de todos. Mas quando você olha para um escritório cheio de programadores e desenvolvedores da web, não está olhando para uma multidão de graduados em Ciência da Computação. As chances são de que a maioria das pessoas no escritório se formaram em algo completamente diferente, se é que foram para a faculdade. Na verdade, os empregadores estão muito menos interessados nos papéis que você adquiriu nas universidades do que no desejo que você tem de aprender. Quando avaliam candidatos que estão mudando de carreira, eles ficam mais impressionados com a participação em bootcamps intensivos de programação e realmente colocar essas habilidades em prática. Simplesmente construir credenciais não vai atrapalhar ninguém em uma equipe de desenvolvimento.

Mito 2: Apenas os obsessivos por ciência precisam se aplicar
O desenvolvimento da web e programação em geral ainda são vistas como ocupações geeks, quase totalmente ocupadas por vencedores de feiras de ciências. E embora haja muitos amantes da ciência na profissão, a realidade é que muitos programadores não começam com uma paixão por matemática ou ciências. E não existe um “cérebro de codificador” especial que desvenda os segredos do desenvolvimento. Ao mudar de carreira para tecnologia, tudo que você precisa é desejo de criar e interesse em dados. Essas são duas coisas que a maioria de nós tem, e você não precisa ter lido Stephen Hawking ou executar visualizações de dados todas as noites depois do trabalho. De qualquer maneira, muitos trabalhos de desenvolvimento tendem mais para o lado criativo. Saber como criar sites que funcionem e tenham uma boa aparência é tão valioso quanto as habilidades básicas de programação. Com o treinamento certo, quase qualquer pessoa pode dominar essas habilidades. Eles não são segredos místicos que apenas algumas pessoas podem entender. Se você estiver motivado e curioso, começará a trabalhar rapidamente.

Mito 3: O desenvolvimento web é um campo dominado por homens
Aqui está outro grande mito das carreiras de tecnologia que precisa ser eliminado imediatamente. Todos nós estamos familiarizados com o estereótipo do programador em seu moletom, focado em seus projetos e mal se comunicando com o resto do mundo. E esses personagens quase sempre são homens. No entanto, isso é apenas um estereótipo e dificilmente tem qualquer semelhança com a aparência e o comportamento dos desenvolvedores da web do mundo real. A porcentagem de mulheres que trabalham com programação tem aumentado continuamente para cerca de 31% em 2021. E em algumas empresas chega a 42%. Obviamente, não é onde precisamos estar, mas mostra como a tecnologia está rapidamente se tornando uma carreira lucrativa para as mulheres.

Mito 4: A tecnologia é uma carreira realmente instável e a segurança no emprego é quase zero
Este é realmente prejudicial para empresas de tecnologia que buscam recrutar talentos de outros setores. No passado, surgiu uma imagem de empresas de tecnologia explorando programadores e abandonando-os quando os projetos eram concluídos. E todo mundo parece conhecer alguém que foi contratado para desenvolver uma startup e em seguida, foi dispensado. Essas ideias podem ter sido verdadeiras 20 anos atrás, mas as carreiras de tecnologia de hoje são muito mais estáveis. Se você for contratado por uma empresa maior, poderá esperar benefícios banhados a ouro e progressão salarial. E mesmo se você se limitar a empresas iniciantes, o mercado de trabalho é tão restrito que encontrar emprego alternativo raramente é difícil. As empresas de tecnologia dos EUA continuam contratando em números recordes e isso não deve mudar rapidamente. Com inovações sempre a frente, o apetite por habilidades digitais não vai desaparecer, permitindo que você mude de emprego e encontre trabalho fácil se os projetos derem errado.

Mito 5: Horário de trabalho em tecnologia é insano
Outro fator importante que impede algumas pessoas de mudarem de carreira são os mitos sobre o trabalho dos profissionais de tecnologia. Novamente, todos nós já ouvimos histórias sobre programadores que trabalham 80 horas por semana e as consequências negativas que isso pode ter para sua saúde. Mas esse é um caso atípico e está se tornando muito menos comum. As empresas de tecnologia estão mudando com o tempo e aceitando o trabalho flexível como nunca antes. E os trabalhadores de tecnologia realmente nunca viveram de acordo com essa imagem. Na verdade, uma pesquisa de 2021 relata que 58% dos trabalhadores de tecnologia trabalham menos de 6 horas por dia. O trabalho flexível está se tornando comum, permitindo que você trabalhe de manhã e caminhe ou ande de bicicleta à tarde, tornando os trabalhos técnicos muito mais convenientes para os pais. Não presuma que você ficará preso a horários de trabalho impossíveis. Mesmo que os trabalhadores de tecnologia gostem de se gabar de suas horas de trabalho, provavelmente não são tão obcecados pelo trabalho quanto afirmam. 



 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Manezinho News Publicidade 1200x90
Contato pelo whatsapp...
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp