17/05/2022 às 14h46min - Atualizada em 19/05/2022 às 00h01min

UNIP apresenta em live pesquisa realizada na Antártica

SALA DA NOTÍCIA Roberta Abrahao
Unip

Pesquisadores do Grupo Atividades Biológicas, Farmacológicas e Toxicológicas de Produtos Naturais, ligado ao Núcleo de Pesquisas em Biodiversidade e ao Programa de Pós-Graduação em Patologia Ambiental e Experimental da Universidade Paulista – UNIP, realizam estudos com musgos coletados na Antártica, em colaboração com a Universidade Católica de Brasília (UCB) –  instituição que é sede da pesquisa – e com a Universidade de Brasília (UNB), como parte do Programa PROANTAR, do CNPq, desde 2019.
A aluna de Doutorado Amanda Leal da Silva, orientanda da Profa. Dra. Ivana Suffredini, ambas da UNIP, desenvolve estudos que exploraram o potencial farmacológico de extratos obtidos de musgos coletados na Antártica, quanto à atividade antitumoral, antibacteriana, antioxidante e na inibição da enzima envolvida no desenvolvimento do mal de Alzheimer, a acetilcolinesterase.
A experiência no estudo de prospecção de atividades farmacológicas de extratos de plantas Amazônicas dos pesquisadores do Grupo fornece o suporte necessário para que a pesquisa seja realizada.
Em duas expedições à Antártica foi possível coletar as amostras, que estão sendo processadas e analisadas. A expectativa para a entrega dos resultados da pesquisa ainda em 2022 é grande.
Para apresentar ao público informações sobre essa relevante pesquisa, as redes sociais da UNIP realizam amanhã, 18 de maio, às 17h, a live “Vegetação Antártica - O que podemos estudar?”.
A live será conduzida pelas palestrantes Amanda Leal da Silva e pela Profa. Dra. Ivana Suffredini.
Acesse:
https://www.youtube.com/user/UNIPOficial
https://www.linkedin.com/school/unip/
https://www.facebook.com/UNIPoficial


 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Manezinho News Publicidade 1200x90
Contato pelo whatsapp...
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp