16/05/2022 às 10h24min - Atualizada em 16/05/2022 às 13h31min

Evento nutracêutico europeu destaca poder dos suplementos para melhora da saúde cognitiva; confira as tendências

Substâncias nootrópicas, usadas para melhora da performance cognitiva e também esportiva, despontaram como uma grande tendência – embaladas também por um mercado gigante que continua em ascensão: o dos games

SALA DA NOTÍCIA Holding Comunicações
São Paulo – Substâncias que fazem bem ao cérebro, os nootrópicos ganharam a atenção no Vitafoods Europe, evento que aconteceu em Genebra e que atrai mais de 25000 especialistas da indústria de mais de 120 países. Voltado para lançamentos de nutracêuticos e tendências do setor de alimentação e suplementação, o evento destacou o papel de várias substâncias no desempenho cognitivo (nootrópicos). “Os nootrópicos são uma gama de substâncias naturais e sintéticas que alegam aumentar as funções cognitivas e os níveis de energia. Um dos mais conhecidos é a creatina, um composto natural comum na nutrição esportiva que pode aumentar a velocidade dos sinais de movimento muscular do cérebro. Existem agora muitos mais no mercado, todos divulgando vários níveis de suporte mental”, explica Inês Bloise, engenheira química e diretora de estratégia e negócios da AQiA Nutrition & Vet Solutions. Segundo relatório da WGSN, empresa global de previsão de tendências e dados analíticos, este setor faz parte do mercado global de suplementos de saúde cerebral e está prestes a crescer substancialmente, com previsão de atingir 10,7 bilhões de dólares até 2025.

No evento, foi destacado que vários nutracêuticos estão desfrutando de um renascimento devido a um crescente corpo de evidências que apoiam uma melhora no humor e na vitalidade. “Essa classe de suplementos nootrópicos compreende um espectro mais amplo de benefícios para o corpo e a mente. Suas aplicações podem ser importantes para diversos aspectos, incluindo a melhora da energia e performance cognitiva e, também, a nutrição esportiva, com destaque para o mercado de gammers. O desejo de atingir o pico da capacidade física agora também está associado a uma nova demanda para alcançar o desempenho cognitivo ideal. Ingredientes nootrópicos estão encontrando seu caminho em mais produtos como alimentos, bebidas e suplementos com ingredientes funcionais alegando aumentar a clareza mental e aumentar o foco”, explica Inês Bloise. O relatório da WSGN destaca que consumidores que anseiam por equilíbrio em um mundo "sempre ligado" estão confiando na ciência para ajudá-los a alcançar esse equilíbrio - e isso está dando origem ao surgimento de nootrópicos como uma área em crescimento.

No mercado, esse tipo de substância é geralmente encontrado em suplementos, cafés e chás fortificados e shots de bem-estar, mas as marcas estão adicionando também em chocolates, bebidas e snacks. Muitos novos formatos de produto foram lançados visando facilitar a inclusão na rotina alimentar.

Segundo a especialista, o Brasil conta com matérias-primas com esse foco para a indústria de suplementos. É o caso do Bioactive Nootropic N – Fosfatidilserina. “Ele é um componente natural da membrana neuronal do cérebro, que pode estar reduzido com o envelhecimento. A diminuição da fosfatidilserina no cérebro pode estar relacionada com declínio cognitivo, o que poderia ser atenuado com sua suplementação. O declínio de serina no cérebro impacta diretamente na memória, foco e atenção. Esse componente é muito indicado para adultos com uso excessivo de seus “bytes” disponíveis, jovens em fase de vestibular e alguns estudos apontam a funcionalidade para uso por autistas, melhorando a percepção das ações e o foco. Alguns usuários relatam que há melhora na qualidade do sono, por agir diretamente na questão da atenção e foco no sono, facilitando a concentração na ação de dormir efetivamente. A forma fosfolipídio facilita a permeação nas membranas cerebrais aumentando sua biodisponibilidade”, explica a diretora de estratégia e negócios da AQiA Nutrition & Vet Solutions. O ingrediente é gluten free, GMO free (livre de transgênicos) e vegetariano. “Ele também pode ser usado para controle do estresse e melhora da performance física, pois tende a modular a liberação do cortisol em situações de estresse, como no esporte, levando a um aumento de tempo até a exaustão”, diz Inês.

Ainda com relação à suplementação para melhora cognitiva, é apontado como destaque e tendência internacional a suplementação com ômegas. “No Brasil, temos a linha Nutracell com ômegas de peixe e de algas. Eles são fontes de DHA e protegem as membranas cerebrais contra lesões ocasionadas pela idade avançada. Disponibilizamos o ingrediente tanto de fonte peixe (atum) quanto fonte de algas para veganos.

Gamers

Gamers

Gamers

O mercado de games também é apontado como uma tendência para os suplementos nootrópicos. A Euromonitor, em seu relatório sobre as 10 principais tendências globais de consumo em 2021, destaca o movimento de ascensão desse mercado e afirma que ações de marketing mais precisas nas redes sociais e no mundo dos games serão essenciais para a navegação das empresas em 2021. “As experiências virtuais online continuarão relevantes, e as empresas sofrerão perdas se não considerarem estas possibilidades de crescimento e branding”, constata a Euromonitor.

Essas tendências vão ao encontro daquelas apresentadas também pela Mintel. A empresa destaca que é uma tendência apoiar os consumidores com um aumento de energia no nível celular com suplementos projetados para melhorar a função mitocondrial e fornecer energia livre de estimulantes; ao mesmo tempo, a ideia é melhorar os produtos energéticos com benefícios de foco mental, segundo a Mintel. “Há um crescente reconhecimento de que a mente e o corpo estão intimamente ligados. Os fabricantes podem aplicar ingredientes como nootrópicos para aumentar a energia mental e física”, diz o relatório. “Os jogadores online e os ativos no mundo dos esportes impulsionarão o interesse por fórmulas para energia mental. A ascensão dos jogos profissionais online (ou esportes) exige que os jogadores tenham foco intenso, velocidade de reação rápida, pensamento criativo, mentalidade positiva e níveis de energia sustentados. Isso coloca enormes demandas sobre o corpo. Embora possa não ser um 'esporte' típico, isso levanta um desafio para os fabricantes criarem soluções de forma farmacêutica que permitirão uma liberação modificada mais longa para energia e foco sustentados”, sustenta a Mintel.

A diretora de estratégia e negócios da AQiA Nutrition sugere para esse público o Bioactive Nootropic N – Fosfatidilserina, já que tem resultados percebidos na melhora do desempenho cognitivo, além do Slim Green Coffee e do Citarg. “Os grãos verdes são excelentes fontes de compostos fenólicos, principalmente ácidos clorogênicos e frações lipídicas insaponificáveis, além de conter também cafeína natural. O ácido clorogênico é um potente antioxidante que auxilia na prevenção do envelhecimento celular, enquanto a cafeína tem ação termogênica, lipolítica e antioxidante, além de manter o foco e energia”, explica. “Já Citarg é uma biomassa marinha, proveniente da alga Chondus Crispus invernal, fonte de L-citrullinyl-L-arginine, obtida através de um processo único, exclusivo e patenteado. Esse é um aminoácido ergogênico essencial para a produção de energia, regulador da função mitocondrial e precursor de creatina. Dessa forma, age como um verdadeiro booster mitocondrial, com ação antioxidante e ergogênica para melhora do desempenho durante o esforço físico e melhor aproveitamento cardiorrespiratório. O ingrediente é plant-based, GMO free e vegano”, finaliza Inês.

FONTE: AQiA Química Inovativa - Indústria química 100% brasileira que cria, desenvolve e fabrica ingredientes para as indústrias Cosmética, Alimentícia, Veterinária, Farmacêutica e Magistral com um amplo portfólio desde 1984. Presente em mais de 20 países, a AQiA transforma matéria-prima para o bem-estar das pessoas.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Manezinho News Publicidade 1200x90
Contato pelo whatsapp...
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp