16/01/2021 às 00h07min - Atualizada em 16/01/2021 às 00h07min

Palhoça faz 'guerra' contra ferros velhos clandestinos

Da Redação
Divulgação
Palhoça vem declarando ‘guerra’ contra as empresas de ferros velhos clandestinos que atuam na cidade da Grande Florianópolis. De acordo com a prefeitura, a intenção é coibir a venda de peças irregulares, sem notas e que tenham origem suspeita.

Na última quinta-feira, por exemplo, foi feita mais uma operação de fiscalização a estabelecimentos que operam com desmontagem e reciclagem de produtos automotivos, “para exigir que as empresas cumpram a legislação de funcionamento, incluindo normas epidemiológicas”. A ação aconteceu no bairro Caminho Novo e no distrito de Enseada do Brito, no sul do município. A principal irregularidade constatada foi a ausência de Alvará de funcionamento.

A ação multissetorial envolveu as secretarias municipais de Saúde e de Segurança Pública, através dos Agentes de Trânsito, contando, ainda, com a participação da Polícia Militar, Polícia Civil, Fiscais de Tributos, Esquadrão Anti Dengue e Vigilância Sanitária.

“Foram flagradas carcaças de veículos e peças expostos a céu aberto, representando risco à saúde pública, devido ao acúmulo de água e por servir de hospedaria para larvas do mosquito Aedes Aegypti, vetor responsável pela transmissão de dengue, zica, chinkungunya e febre amarela. As larvas de insetos encontradas pelos agentes da Vigilância Sanitária foram encaminhadas a laboratório, que deverá definir se são da espécie transmissora da dengue e outras doenças”, disse o secretário Municipal de Saúde, Rosiney Horácio.

Na ação, segundo a prefeitura, os policiais civis e militares e os agentes de trânsito deram atenção especial à procedência de peças e veículos para desmanche. Exigiram documentos, que atestam a origem dos veículos e das peças, e confrontaram com bancos de dados sobre furtos.

Conforme revelou Alexandre Souza, secretário de Segurança, os estabelecimentos em desacordo foram notificados e terão um prazo de 20 dias para tentarem a regularização da documentação, que permite o funcionamento, e adequação às normas sanitárias.
Link
Notícias Relacionadas
Comentários »
Contato pelo whatsapp...
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp