05/05/2022 às 10h36min - Atualizada em 07/05/2022 às 00h01min

Dia das Mães após flexibilização da pandemia exige etiqueta para reuniões de família em condomínios

Data comemorativa e afrouxamento das restrições aumentam visitas a prédios e exigem compromisso do morador com regras locais; especialista dá dicas para desafogar portarias

SALA DA NOTÍCIA Danilo Pereira
BRZ Content
Foto: Divulgação
Em um contexto de Dia das Mães com flexibilização das restrições impostas pela pandemia, e em que são retomados encontros com convidados nos lares e nas áreas comuns dos prédios, algumas regras devem ser revisadas a fim de manter o bom funcionamento dos procedimentos de acesso a visitantes e, consequentemente, otimizar as operações de portaria. Em casos de monitoramento remoto, como é especialidade da empresa Alarm Wolx, cuidados devem ser igualmente recobrados para garantir a proteção e harmonia da vizinhança.

Assegurar agilidade e precisão de dados aos atendimentos de entrada e saída de visitas a condomínios é oferecer, consequentemente, mais segurança aos moradores e uma rede mais eficiente de assistência. Em datas comemorativas como a deste domingo (8), de fluxo aumentado de pessoas, o controle nos portões é mais assertivo quando a comunicação com moradores está em dia, deixando claras orientações de condutas que evitam conflitos e gargalos em horários de pico.

“São atitudes preliminares ao dia da festa que fazem muita diferença. O compromisso de disponibilizar a lista de convidados com antecedência é uma responsabilidade do morador que, como consequência, desafoga portaria e evita sobrecarga na central de atendimentos, que tem equipe para monitorar este e outros prédios. É uma atitude positiva que gera um benefício em cadeia, com a garantia da segurança que se espera do serviço”, diz Rafael Daoud, CEO da Alarm Wolx.

No caso dos sistemas de vigilância a distância, a dica do empresário é para que o morador se informe com antecedência sobre como proceder para antecipar as informações pedidas e adaptá-las ao sistema instalado no prédio que habita. Normalmente, ferramentas digitais como os aplicativos são as mais usadas para registrar dados a serem conferidos por atendentes da central de atendimento no dia da festa. Mas telefone, WhatsApp e até o próprio interfone podem ser usados, a depender dos equipamentos e regras do condomínio.

“Em alguns casos, o morador pode pagar um extra ao zelador para que receba convidados com uma lista em mãos. Em outras situações, o próprio morador é quem os recebe, normalmente em festas infantis. Mas com a retomada de atividades nesta fase de afrouxamento de restrições da pandemia, será natural que novas regras passem a ser estabelecidas. O importante é sempre se atualizar com o síndico sobre como proceder, para garantir harmonia e segurança onde vive”, ressalta Daoud.

Sobre a Alarm Wolx
Sob comando dos irmãos Rafael Daoud e Carlos Daoud, o grupo Alarm Wolx tem 40 anos de história no mercado de proteção patrimonial. A empresa monitora 24 horas por dia prédios residenciais e comerciais da Grande São Paulo e oferece sistemas de seguranças que funcionam em modelo 100% digital sob supervisão de equipes especializadas em portaria remota e vigilância eletrônica.





 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Manezinho News Publicidade 1200x90
Contato pelo whatsapp...
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp