11/01/2021 às 21h47min - Atualizada em 11/01/2021 às 22h52min

Noite histórica! Brusque vence o Ituano e conquista acesso à Série B

Marcos Eduardo Carvalho
Lucas Gabriel Cardoso/Brusque FC
Subiu! Subiu! Subiu! Em um jogo recheado de emoções, o Brusque venceu o Ituano por 4 a 2 na noite desta segunda-feira, no estádio Augusto Bauer, em Brusque e carimbou a tão sonhada vaga para a Série B do Campeonato Brasileiro.

Com o resultado, o time do técnico Jerson Testoni chegou aos 9 pontos no grupo C do Brasileiro da Série C e já garante pelo menos uma das duas vagas. Não pode mais ser alcançado pelo Ituano, terceiro colocado, com 5 pontos, assim como o Santa Cruz, com a mesma pontuação. O Vila Nova está em seguindo, com 7.

No domingo, dia 17, o Brusque visita o Santa Cruz, às 18h, no estádio do Arruda, quando poderá garantir ainda a vaga na final festiva.

Agora, o Quadricolor volta a disputar uma Série B depois de 32 anos. A primeira e única vez foi em 1989, quando a competição ainda tinha um formato completamente diferente.

E o Brusque, que nesta temporada atípica de 2020, que adentrou 2021, ficou com vice-campeonato estadual. Mas agora conseguiu um sonho maior, que era o acesso.

Em um campeonato conturbado, cheio de altos e baixos na equipe catarinense, o time conseguiu se superar e triunfou.

O JOGO.

A partida começou em ritmo alucinante. Logo no primeiro minuto, Airton acertou um belo chute de longe e o goleiro Pegorari fez grande defesa.

O gol não demorou a sair. Aos 4min, Marco Antônio recebeu belo lançamento de Edilson e chutou colocado, embaixo do goleiro do time paulista: 1 a 0.

Porém, três minutos depois, veio a ducha de água fria. Gabriel Taliari recebeu em posição legal, após desvio, e chutou para deixar tudo igual.

Animado, o Ituano quase virou, quando o autor do gol de empate acertou uma bicicleta espetacular e Ruan Carneiro conseguiu espalmar. Em seguida, Correa subiu de cabeça e novamente obrigou o goleiro do Quadricolor a fazer grande defesa. Sufoco.

Mas, no ataque seguinte, o meia Thiago Alagoano recebeu belo passe pelo meio, driblou o goleiro e colocou novamente o Brusque em vantagem: 2 a 1.

Porém, o Quadricolor não conseguiu sustentar a vantagem. Em uma falta bastante contestada próxima da área, Fillipe Souto cobrou com força e fez 2 a 2.

Depois disso, o jogo caiu um pouco de produção. Os times apertaram a marcação e a disputa ficou mais concentrada no meio de campo, com jogadas mais duras. Aos 35min, o volante Edilson se livrou de ser expulso, ao acertar uma cotovelada no peito de Taliari. O árbitro Marcelo de Lima Henrique, não viu, para a sorte do Brusque.

E a partida, com poucas chances de gol nos minutos finais do primeiro tempo, foi para o intervalo com empate por 2 a 2.

Na etapa final, o jogo novamente voltou agitado e movimentado. E, assim como na primeira etapa, o Brusque balançou as redes logo aos 4min. Após recuperar a bola, Thiago Alagoano serviu Garcez, que marcou o terceiro, recolocando o Quadricolor em vantagem.

O Ituano, então, partiu para a pressão, em busca do empate. Desta vez, o Brusque conseguiu segurar a vantagem por mais tempo. O time paulista ia para cima e dava espaços para os contra-ataques.

Bem mais eficiente em campo, o time da casa ampliou aos 32min. Após levantamento na grande área, a bola sobrou para o zagueiro Ianson, que chutou de bico para marcar o quarto gol: 4 a 2.

Depois, foi só administrar a vantagem, esperar o tempo passar e comemorar muito. Mesmo com o estádio vazio, por conta da pandemia do novo coronavírus. Do lado de fora, porém, a torcida estava presente.
Link
Notícias Relacionadas
Comentários »
Contato pelo whatsapp...
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp