08/01/2021 às 23h16min - Atualizada em 08/01/2021 às 23h16min

Figueirense empata sem gols com o CSA e volta para a zona de rebaixamento

Marcos Eduardo Carvalho
@zacariasfoto
O Figueirense ficou no empate por 0 a 0 contra o CSA nesta sexta-feira, no estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis, pela 33ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B e voltou para a zona de rebaixamento.

Com o resultado, o time catarinense foi para 36 pontos, caiu para 17º lugar e acabou ultrapassado pelo Náutico, que venceu o Paraná e foi a 38. Assim terá mais cinco rodadas de luta para tentar fugir do pesadelo do descenso.

O time alagoano, por sua vez, com o empate fora de casa foi aos 52 pontos e entrou no G-4 pelo número de vitórias, tirado o Juventude.

Ainda sem o técnico Jorginho, que se recupera da Covid-19, Lucas Matheus comandou a equipe catarinense no banco de reservas.

Agora, o Figueira volta a jogar na terça, quando faz o clássico catarinense contra a Chapecoense, fora de casa, a partir das 21h30. A partida pode ser até o jogo do acesso para a Chape.

Nesta sexta, o jogo começou estudado, com os dois times se arriscando pouco nos primeiros minutos. A primeira chance do Figueira veio aos 10min, com Diego Gonçalves, arriscando chute forte que foi na rede pelo lado de fora.

Dois minutos depois foi a vez do CSA. Rodrigo Pimpão chutou forte e Rodolfo Castro espalmou para escanteio. Na cobrança, ele desviou com um soco e a bola sobrou para Cedric; na conclusão, a bola desviou na zaga e Rodolfo Castro novamente fez grande defesa.

O jogo estava movimentado e o goleiro do CSA, Matheus Mendes, fez grande defesa em chute de Diego Gonçalves, aos 23min. No ataque seguinte, o time alagoano chegou a marcar o gol, mas foi anulado por impedimento.

A partida ficou equilibrada, com os dois times buscando o gol. Um para tentar a vaga no G-4 e o outro para fugir do rebaixamento. Porém, até o final do primeiro tempo, ninguém conseguiu abrir o placar.

O segundo tempo começou aberto, com os dois times procurando o gol, mas sem muita objetividade e com muita correria. A primeira grande chance foi do CSA, aos 10min, com Cleberson, que desviou de cabeça, por cima, após cruzamento da esquerda.

O time alagoano estava melhor e o Figueira tinha muitas dificuldades em conseguir se impor. Com muitos erros, não levava perigo ao gol do adversário.

O Figueirense começou a tentar principalmente nas jogadas de bola aérea, mas sempre sem muita objetividade. A primeira grande chance mesmo veio aos 29min, em chute forte de Diego Gonçalves da entrada da área, que o goleiro do CSA rebateu.

O time visitante, que estava sumido no jogo, voltou a atacar com perigo aos 37min, quando Cedric arriscou chute da entrada da área, a bola desviou na zaga e foi para escanteio, com muito perigo.
No final, nenhum dos dois times produziu o suficiente para sair com a vitória de campo.
Link
Notícias Relacionadas
Comentários »
Contato pelo whatsapp...
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp