30/09/2020 às 21h48min - Atualizada em 30/09/2020 às 21h48min

Ensino na pandemia: 51% dos alunos na rede estadual alcança aprendizagem satisfatória

Cristiano Estrela/Secom
Entre os 524 mil alunos matriculados na rede estadual de ensino de Santa Catarina, 51% deles alcançou aprendizagem satisfatória e 22,4% tiveram avanços, apesar das dificuldades no atual contexto com a realização das atividades não presenciais. Os dados foram divulgados nesta quarta-feira pela Secretaria de Estado da Educação (SED), em relatório sobre o primeiro semestre de 2020. 
Os dados produzidos pela Diretoria de Ensino da SED foram fornecidos pelos professores e coletados após conselhos de classe de todas as 1.065 escolas estaduais.

Em decorrência da adaptação ao regime especial de atividades não presenciais, por conta da pandemia do coronavírus, neste ano os alunos foram avaliados por semestre, em vez da avaliação trimestral.

Além da avaliação feita pelo professor, as escolas preencheram um roteiro avaliativo para todas as turmas, detalhando qualitativa e quantitativamente o aproveitamento dos alunos.

O roteiro avaliativo integrou um painel que mostrou que 26,4% dos alunos da rede tiveram dificuldades de fazer as atividades ou não conseguiram realizá-las. Esses dois públicos serão o alvo principal da retomada das atividades de apoio pedagógico presencial, divulgadas no fim da última semana pela SED. O retorno escalonado (por série e por semana) ocorrerá a partir da autorização da Secretaria de Estado da Saúde (SES), que acompanha a matriz de risco do coronavírus. Dessa forma, em 2020 não haverá aulas como ocorriam antes da pandemia. Isso significa que, até o final deste ano letivo, as atividades remotas continuam.

O secretário de Estado da Educação, Natalino Uggioni, ressalta que a forma como a SED planejou e organizou a retomada de atividades presenciais materializa a preocupação com a qualidade da aprendizagem. “Ao priorizarmos os alunos que estão tendo dificuldade de assimilar o conteúdo, além de buscarmos recebê-los com segurança, em número reduzido, poderemos apoiá-los na continuidade dos estudos. Continuamos trabalhando para que as escolas tenham as condições adequadas e que recebamos com segurança os profissionais e estes alunos, quando as atividades presenciais forem autorizadas em Santa Catarina”.

A diretora de Ensino da SED, Zaida Rabello Petry, reforça o objetivo principal da retomada das atividades nas escolas. “Essa é uma oportunidade para que os estudantes possam recapitular conteúdos e seguir o ano letivo, mas pensando em atividades de reforço. A ação visa manter o vínculo do aluno com a escola, recuperar os conteúdos e evitar o abandono escolar”.
Link
Notícias Relacionadas
Comentários »
Contato pelo whatsapp...
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp