02/01/2021 às 21h36min - Atualizada em 02/01/2021 às 21h36min

​Absoluto, Brusque vence fora de casa por 3 a 0 e fica perto do acesso

Marcos Eduardo Carvalho
Lucas Gabriel Cardoso/Brusque FC
O Brusque foi cirurgico e venceu o Vila Nova por 3 a 0 neste sábado à tarde, em Goiânia, pela quarta rodada do grupo C do Campeonato Brasileiro da Série C. Com o resultado, chegou aos 6 pontos, assumiu momentaneamente a liderança da chave e deixou o time goianiense em último, com 4. Melhor do que isso:  depende de suas próprias forças para conquistar o acesso à Série B, o que pode vir no jogo seguinte.

O Quadricolor, além disso, quebrou um jejum de dez partidas sem vitórias dentro da competição. Nesta segunda fase, havia conquistado três empates nas três primeiras rodadas.

Na próxima rodada, o time comandado pelo técnico Jerson Testoni recebe o Ituano, dia 11 de janeiro, a partir das 20h, no estádio Augusto Bauer, em Brusque, pela penúlima rodada. Uma nova vitória, dentro de casa, pode até ser suficiente, dependendo dos demais resultados. 

Neste sábado, o Quadricolor começou esperando os donos da casa, se defendendo e entando evitar uma pressão inicial. Aos 11min, o Vila Nova quase abriu o placar, em belo chute de fora da área, mas o goleiro Ruan Carneiro fez grande defesa, buscando no ângulo, em chute de Henan. 

O time da casa chegou novamente com perigo aos 23min, com Henan, que chutou com perigo e a bola desviou antes de sair pela linha de fundo.

O Brusque tinha dificuldades em contra-atacar e não conseguia levar perigo. Perdia muitas bolas no meio de campo e o Vila Nova ficava mais tempo com a posse de bola. Mas, na primeira chance que teve, aos 40min o Quadricolor foi certeiro. Após contra-ataque pela esquerda, Thiago Alagoano recebeu na entrada da área e chutou cruzado, no canto esquerdo, rasteiro, abrindo o placar.

Antes do intervalo, unm susto: Celsinho cobrou falta com perigo e acertou a trave direita de Ruan Carneio quase empatando.

No segundo tempo, o Brusque estava bem, segurando mais a bola no campo de ataque, mas aos 12min Rodolfo Potigual deu um soco na bola dentro da área e o árbitro marcou pênalti para o Vila Nova. Ele ainda levou o terceiro cartão amarelo e está fora do próximo jogo. 

O  atacante Henan foi para a cobrança, no canto esquerdo, rasteiro, mas Ruan Carneiro se esticou e fez uma defesa espetacular.

Para melhorar ainda mais o panorama, o Brusque chegou ao segundo gol aos 20min. No segundo chute a gol na partida, o time catarinense marcou novamente com Thiago Alagoano, que recebeu na entrada da área e chutou forte, no canto direito, a meia altura: 2 a 0.

Aos 25min, Garcez desperdiçou a chance de matar a partida. Ele recebeu na entrada da área, livre, e chutou por cima do gol, com perigo. Um minuto depois, o Vila Nova reagiu e quase descontou, mas Ruan Carneiro fez grande defesa em dois tempos. Depois, sofreu falta.

O tempo foi passando e o Brusque foi controlando bem o jogo. Aos 45min, o Vila ainda perdeu o zagueiro Marinho, expulso, por falta como último homem, deixando o Brusque com um a mais nos acréscimos. E, na cobrança da falta, Marco Antonio cobrou no canto esquerdo, a bola passou por baixo dos braços do goleiro Fabrício e matou a partida: 3 a 0.
Link
Notícias Relacionadas
Comentários »
Contato pelo whatsapp...
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp