28/12/2020 às 10h49min - Atualizada em 28/12/2020 às 12h03min

Preço do setor de eletrônicos fecha em alta em 2020

Produtos pesquisados tiveram alta de preços em 2020, com destaque para os eletrônicos e eletrodomésticos

DINO
https://lalupi.com/
Eletrodomésticos também tiveram alta de preços em 2020


O ano de 2020 foi marcado pela pandemia da Covid-19 que gerou, além do alto número de mortos, uma crise econômica sem precedentes no Brasil. Embora esse cenário tenha gerado desemprego e redução da renda das famílias acarretando na diminuição da demanda, o que se observou foi um aumento generalizado de preços. E esse incremento nos preços gerou também grande impacto no setor de eletrônicos e eletrodomésticos, principalmente devido à alta do dólar. Isso se deve ao fato de que, embora que muitos produtos sejam fabricados no país, os seus componentes são importados e cotados em dólar.

Em uma pesquisa realizada pelo site Lalupi, alguns produtos chegaram a subir quase 34% entre o início da pandemia em maio até o mês de dezembro. É o caso da Smart TV LED 32 da LG que custava R$ 1.099,00 em maio e agora no final do ano é cotada por R$ 1.470,00. Outra linha de produtos que sofreram um considerável aumento foram as impressoras tanque de tinta também auxiliada pelo aumento da demanda do home office. No exemplo do modelo da Epson Ecotank L6171 que no início do ano custava R$2099,00, em dezembro a mesma impressora é encontrada pelo valor de R$2.449,00.

Eletrodomésticos também sofreram grande alteração como no exemplo da geladeira French Door 540l da Brastemp que subiu de R$4.839,00 para R$5.892,00 uma alta de mais de mil reais no período. Todos esses aumentos vêm acompanhando a alta da moeda americana que subiu mais de 27% este ano e que, embora o governo diminua a sua importância, o que se observa é um impacto real nos preços ao consumidor. E assim, mesmo que os índices de inflação como o IPCA, mais focados no consumo básico não tenham subido muito no período, índices mais amplos como o IGPM da Fundação Getúlio Vargas já acumulam 24,5% no período. Infelizmente, essa tendência não parece se reverter no curto prazo com o governo enfrentando seguidas crises políticas e com pouco interesse em combater a pandemia que hoje já faz mais de 14 milhões de desempregados no Brasil e 190 mil mortos.

Link
Notícias Relacionadas
Comentários »
Contato pelo whatsapp...
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp