23/12/2020 às 17h39min - Atualizada em 23/12/2020 às 17h39min

Com um a mais na maior parte do jogo, CAC leva virada do líder Nação e fica mais longe do acesso

Marcos Eduardo Carvalho
L3 design / Comunicação - CAC
O Atlético Catarinense desperdiçou grande oportunidade de conquistar mais uma vitória na temporada. Depois de abrir 2 a 0 no primeiro tempo e com um homem a mais, levou a virada e perdeu para o Nação por 3 a 2 nesta quarta-feira, no estádio Dr. Sadalla Amin Ghanen, em Joinville, pela quarta rodada da primeira fase do Campeonato Catarinense da Série C.

Com o resultado, o time de São José, comandado pelo técnico Edu Salles, segue com seis pontos. São duas vitórias duas derrotas somadas até agora. E, assim, ficou um pouco mais longe da briga pelo acesso. Já o time de Joinville, com quatro vitórias em quatro jogos, tem 12 pontos e está bem mais perto da vaga.

Os josefenses estão em sexto lugar, em uma classificação ainda embolada, com um ponto atrás do Itajaí, que fecha o G-3.

Agora, o time da região volta a jogar no dia 6 de janeiro, quando recebe o lanterna Orleans, a partir das 16h, no estádio Enio Amantino da Silva, em São José.

Em um campeonato de tiro curto, ainda restam mais três rodadas até o final da primeira fase, onde os três primeiros colocados entre oito participantes conquistam a vaga na Série B do ano que vem.

Nesta quarta, o jogo foi bastante movimentado. Com o CAC melhor em campo, o gol saiu aos 20min com Ramiro, em uma belíssima cobrança de falta, quando acertou o ângulo direito, com categoria.

E, aos 25min, o time da casa perdeu o atacante Ardley, expulso após o árbitro entender que ele agrediu o goleiro João Guckert, em jogada de linha de fundo.

Com um a mais, o Atlético quase ampliou aos 30min, quando Gui Tanque teve grande chance, mas foi desarmado pela zaga adversária em cima da linha. Seis minutos depois, porém, o time josefense conseguiu ampliar. Após cruzamento da direita, Rony recebeu em cima da linha, teve bate-rebate e a bola passou o suficiente para dentro do gol, sem tocar na rede: 2 a 0.

Porém, o CAC não soube aproveitar a vantagem e antes do intervalo, Renan, que recebeu livre na pequena área, diminuiu para o Nação, deixando o jogo novamente indefinido.

No segundo tempo, mesmo com um homem a mais, o time josefense tinha dificuldades nos primeiros minutos, quando os donos da casa pressionavam bastante.

Aos 18min, Aldair lançou Jean Carlos pela direita e o artilheiro do campeonato empatou para os donos da casa, em chute cruzado. E, um minuto depois, Jean Carlos retribuiu e entregou para Aldair, livre, para fazer o terceiro gol, da virada.

Naquele momento da partida, o CAC parecia perdido. Mesmo com um a mais, tomou a virada quando havia feito 2 a 0. E o time começou a se enervar em campo.

O time de São José não conseguia criar e, aos 34min, ainda teve o zagueiro Arthur expulso por cometer uma falta dura no meio de campo, deixando os dois times com 10 em campo.

Nos minutos finais, o Atlético Catarinense partiu para o abafa, em busca de ao menos o empate. Aos 48min, com Rony, ainda teve grande chance, em chute que o goleiro Paulo Sérgio fez grande defesa.

Matéria atualizada às 18h09, para acréscimo de informações.
 
 
Link
Notícias Relacionadas
Comentários »
Contato pelo whatsapp...
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp