20/12/2020 às 23h12min - Atualizada em 20/12/2020 às 23h12min

Blumenau encara o Caramuru, fora de casa, em jogo atrasado da Superliga

Da Redação
Divulgação
Pouco mais de 48 horas após vencer em Ribeirão Preto, a Apan/Blumenau volta à quadra na noite desta segunda-feira, dia 21. E mais uma vez fora de casa, diante do Caramuru, em Castro, no interior do Paraná. É mais um confronto atrasado, válido pela sétima rodada, fechando a participação do time blumenauense no primeiro turno da fase de classificação da Superliga Banco do Brasil 2020-21. Inicia às 19 horas no Ginásio da Castrolanda, com transmissão por streaming pelo Canal Vôlei Brasil.
 
Donegá considera o confronto como uma “final” e não pretende ser surpreendido. Com uma vitória por 3 a 0 ou 3 a 1, o time blumenauense fecha o turno na sétima colocação e muito perto do quinto e sexto colocados. Um feito e tanto para quem fez apenas duas partidas dentro de casa e enfrentou uma maratona de viagens, por conta da pandemia.
 
O técnico ressalta o pouco tempo de recuperação dos atletas entre o jogo de sábado e o da noite desta segunda-feira. Após a vitória em Ribeirão, o grupo encarou uma viagem de ônibus até Castro – aproximadamente 585 quilômetros, em quase oito horas.

Ao analisar o adversário, o Donegá destacou o ótimo sistema de ataque dos paranaenses, com bolas rápidas nas pontas. Atenção especial ao jogador de saída Renan, caso jogue, pois vem de uma lesão e em fase final de recuperação. Ele é o responsável pelas bolas altas do Caramuru. “É uma equipe onde o treinador muda várias peças durante o jogo e isso dificulta a marcação tática. É preciso entender o papel individual de cada atleta. São aguerridos, com um sistema de defesa de muito volume”, avaliou, acrescentando que a Apan vai precisar impor seu ritmo, evitar erros e não facilitar.
 
Link
Notícias Relacionadas
Comentários »
Contato pelo whatsapp...
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp