13/01/2022 às 10h23min - Atualizada em 13/01/2022 às 14h31min

Janeiro Branco alerta para a necessidade de cuidar da saúde mental

A campanha alerta para a importância de começar o novo ciclo de forma mais saudável e tranquila.

SALA DA NOTÍCIA Inove Comunicação
Pixabay
Você já se questionou como está a sua saúde emocional? Ir ao médico, fazer um checkup e saber como está seu organismo são parte da rotina, mas olhar como vai o perfil psicológico normalmente só se faz quando se chega ao limite. Para criar essa consciência, foi criada a campanha Janeiro Branco, escolhida no primeiro mês do ano para aproveitar o momento de reflexão e de planejamento, atrelado à simbologia de recomeço. A campanha alerta para a importância de começar o novo ciclo de forma mais saudável e tranquila. Cuidar das emoções deve ser o primeiro objetivo para o ano que se inicia, já que todas as outras conquistas dependem de estabilidade psicológica. Um efetivo controle emocional é a chave para alcançar uma vida plena e cheia de realizações.

“É fato conhecido que existe muita desinformação, preconceito e desrespeito às pessoas que fazem tratamento psicológico ou psiquiátrico. Essas pessoas sofrem com um estigma que pode levar o paciente a desistir do tratamento. Por isso, falar sobre saúde mental é fundamental para melhorar o ambiente e atrair novas pessoas que precisem de apoio”, alerta a psicóloga Rosi Alves, da clínica Bem Multiprofissional.

Depressão, alcoolismo, isolamento social, perdas recentes, traumas de infância e dependência química também impactam a saúde mental e são razões para justificar a relevância do Janeiro Branco. A forma que encaramos a vida depende das particularidades de cada indivíduo, mas a interferência externa de ambientes e pessoas é fundamental na estabilidade emocional de alguém, para o bem e para o mal. “Por isso, os familiares são cruciais no acolhimento. Devem buscar orientações e atendimento por profissionais de saúde mental e não fazer julgamento ou questionar. Apoie e busque o auxílio de um especialista”, aponta a psicóloga.
 
Link
Notícias Relacionadas
Comentários »
Contato pelo whatsapp...
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp