06/12/2020 às 00h00min - Atualizada em 06/12/2020 às 00h00min

​Avaí/Kindermann encara o Timão pelo sonho do inédito título brasileiro

Marcos Eduardo Carvalho
Andrielli Zambonin/Avaí Kindermann
Finalmente, chegou o grande dia. A caminhada, porém, não foi fácil. Mas o Avaí/Kindermann, com o coração na ponta da chuteira, encara o Corinthians neste domingo, a partir das 20h, na Neo Química Arena, em São Paulo, pelo jogo de volta das finais do Campeonato Brasileiro Feminino, com transmissão ao vivo pela TV Bandeirantes.

O time catarinense, comandado pelo técnico Jorge Barcellos, superou todas as adversidades, eliminou outros favoritos, como Internacional e São Paulo, e agora chega em condições de igualdade contra as corintianas, que fizeram a melhor campanha até agora e só têm uma derrota.

No jogo de ida das finais, há duas semanas, no estádio da Ressacada, em Florianópolis, as Avaianas Caçadoras ficaram no empate sem gols contra o Corinthians, em um jogo equilibrado. Ou seja, tudo está em aberto. Um novo empate logo mais leva a decisão para os pênaltis e, aí, tudo pode acontecer.

Com um investimento amplamente superior, o time paulista também é amplamente favorito. Mas as catarinenses cresceram no torneio, tiveram até jogadoras convocadas para a Seleção Brasileira e agora vão em busca da inédita conquista nacional. Em 2014, quando ainda era só Kindermann, sem a parceria com o Leão da Ilha, o clube de Caçador já havia chegado na decisão, mas ficou com o vice-campeonato após perder o título para outro time paulista, a Ferroviária de Araraquara.

Leia mais: https://manezinhonews.com.br/noticia/1504/com-narracao-feminina-final-do-brasileiro-ganha-espaco-na-tv-aberta

Leia mais: 
https://manezinhonews.com.br/noticia/1503/clubes-paulistas-dominam-o-brasileirao-feminino-desde-2013

Agora, porém, as meninas esperam uma nova realidade e uma melhor sorte. Aliás, sorte, não. Trabalho. E as meninas querem fazer história, levando o primeiro título do Campeonato Brasileiro para Santa Catarina. Até hoje, o único time catarinense a conquistar um título nacional na elite foi o Criciúma, em 1991, no masculino, quando faturou a Copa do Brasil.

“Será uma partida bem equilibrada e decidida nos detalhes, como qualquer final. Precisamos ter concentração máxima em cima daquilo que sempre trabalhamos”, disse o treinador do Avaí Kindermann.
A volante Zoio e a atacante Pat, que estavam suspensas no jogo passado, agora estão de volta ao time catarinense para a decisão.
Link
Notícias Relacionadas
Comentários »
Contato pelo whatsapp...
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp