25/11/2021 às 15h50min - Atualizada em 26/11/2021 às 00h00min

C-commerce: conheça o comércio colaborativo que é tendência para 2022

Ampliação dos serviços, melhorar a satisfação dos clientes e potencializar a capacidade das empresas estão entre os benefícios desse canal de venda online

SALA DA NOTÍCIA Vinícius Cavallero
Ubots
Divulgação

A digitalização acelerada se tornou uma ação comum entre as empresas, visto que a pandemia fez com que 87,5% dos negócios no Brasil colocassem o pé no acelerador nos processos de transformação digital. Além disso, é esperado que esse número aumente tanto no território nacional, quanto no mundo, os dados são do DT Index 2020. 

De acordo com o especialista em relacionamento digital e CEO da Ubots, Rafael Souza, uma forte tendência que será vista em 2022 é o c-commerce, comércio colaborativo que serve como uma forma de colaboração entre fornecedores, empresas e parceiros, que visa maximizar a eficiência e lucratividade dos negócios.  “Esse formato traz a união para as empresas, no qual utilizam a mesma tecnologia e promovem o desenvolvimento de um trabalho com maior potencial”, comenta. 

Entre os benefícios que esse comércio colaborativo pode trazer para as empresas estão: ampliação do serviço que é oferecido aos clientes, melhorar a satisfação dos consumidores com uma marca por conta do relacionamento estabelecido, potencializar a capacidade das empresas e promover uma troca de tecnologias ou conhecimentos. 

O chatbot também pode desempenhar um papel fundamental no c-commerce, basicamente, as mesmas funções ativas no e-commerce podem ser inseridas no comércio colaborativo. Ele pode tirar dúvidas sobre os produtos, como um FAQ, auxiliar no processo de pré e pós-venda, informar sobre envios de produtos e emitir notas fiscais, por exemplo. 

Para Souza, é importante saber a diferença entre os canais de compra online, para avaliar qual é o tipo ideal para cada empresa. Abaixo, confira a diferença entre eles:

  • E-commerce: comércio eletrônico, de maneira online, no qual produtos vendidos no ambiente físico podem ser comercializados de maneira digital. 
  • M-commerce: segue a mesma estrutura do e-commerce, mas a diferença está no acesso, que é feito de maneira móvel, pelo celular ou tablet.
  • S-commerce: canal de vendas que acontece pelas redes sociais, como o Facebook Marketplace e a aba de loja no Instagram.

 

Sobre Ubots

Fundada em 2016, a Ubots surgiu da vontade de utilizar a tecnologia para facilitar a comunicação de grandes empresas com seus clientes. Para otimizar esse resultado, a Ubots utiliza plataforma própria desenhada para cenários de atendimentos, tanto para uso de agentes humanos, chatbots ou atendimento híbrido, quanto utiliza inteligência artificial. De origem gaúcha, a startup possui clientes no Brasil e Chile e já participou de programas de aceleração, como: Scale Up Endeavor, BNDES Garagem, StartOut Brasil,WesterWelle Foundation, Cubo do Itaú, entre outros. Mais informações no www.ubots.com.br


Link
Notícias Relacionadas
Comentários »
Contato pelo whatsapp...
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp