01/12/2020 às 00h00min - Atualizada em 01/12/2020 às 00h00min

Fecam reitera urgência na ampliação dos leitos de UTI

Da Redação
Mauricio Vieira/Secom
A Fecam (Federação Catarinense dos Municípios) reiterou o pedido ao governador Carlos Moisés (PSL) para que os leitos de UTIs (Unidade de Terapia Intensiva) em Santa Catarina sejam reativados com urgência para que os impactos provocados pela pandemia do novo coronavírus sejam amenizados. Até esta segunda-feira, 13 das 16 regiões catarinenses estavam classificadas como ‘gravíssima’ quanto ao risco de contaminação. Em algumas cidades, inclusive, já existe lotação máxima dos leitos voltados para a Covid-19.

 “Boa parte das nossas regiões estão em estado gravíssimo e precisamos tomar decisões rápidas”, falou o presidente da Fecam, Paulo Weiss, que é prefeito da cidade Rodeio.

 Segundo ele, é necessário que a proporção de reativação seja a mesma do início da pandemia.

O governador de Santa Catarina, que reassumiu o cargo na semana passada após ser absolvido no primeiro processo de impeachment, anunciou logo em seguida a reativação de 205 leitos até o final do ano, com investimento de R$ 44 milhões.
 
Link
Notícias Relacionadas
Comentários »
Contato pelo whatsapp...
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp