23/11/2021 às 12h12min - Atualizada em 23/11/2021 às 16h40min

Empresária brasileira, renomada nos EUA, realiza diversos trabalhos voluntários

Sophia Utnick, empreendedora de sucesso no Brasil e nos EUA, relata a importância de participar de ações solidárias

SALA DA NOTÍCIA MF Press Global

Ainda muito nova, Sophia Utnick se mudou para os Estados Unidos. Lá, a mãe montou uma companhia de limpeza e, foi observando a mãe, que a pequena começou a entender mais sobre o empreendedorismo. “A minha mãe já era mais velha, o inglês não era muito bom e ela conseguiu montar uma empresa que tomou uma proporção enorme”, lembra a empresária.

Ao longo da vida, Utnick trabalhou em diversos setores como supermercados, McDonald 's e um escritório de advocacia. “Durante o tempo que trabalhei com o advogado, mexendo com papeladas sobre empresas, comecei a aprender e abri uma pequena companhia de limpeza. Essa empresa cresceu e eu a vendi”, relata Sophia.Depois disso, a nova empreendedora abriu uma outra empresa em uma área nobre de Nova York, seguindo a tendência de sucesso, a empresa prosperou e também foi vendida. “Com esse dinheiro das vendas, eu montava outras empresas”, explica.

Associada à irmã, Sophia começou a se envolver com o mundo do entretenimento para fazer o desenho dos shows. “Em um desses shows, um artista plástico perguntou se eu tinha interesse em fazer o desenho paisagístico da casa dele, em troca disso, ele faria propaganda do meu trabalho para as outras pessoas”, conta. Com este fato, a empresária montou duas empresas de landscape. Mais uma vez, as ideias de Utnick foram sucesso garantido.

Durante a pandemia, um amigo cantor precisou de ajuda e assim, Sophia descobriu um novo mercado para investir: o mundo da música. “Descobri muitas pessoas que precisavam de uma chance e eu resolvi ajudar”. Na crise sanitária, a empresária começou a realizar trabalhos voluntários, distribuindo cestas básicas e se disponibilizando para pagar contas de luz e água aos mais necessitados. “Eu gosto muito de fazer serviço voluntário. Na próxima semana, vamos visitar um abrigo para ajudar a cozinhar. Serão mais de 2 mil idosos, que não tem família, que poderemos ajudar no Dia de Ação de Graças”, orgulha-se.

Para ela, o trabalho voluntário é uma forma de mostrar para as pessoas que elas não estão sozinhas. Além disso, é um auxílio às causas que ela se sensibiliza como fornecer ajuda aos imigrantes latinos com poucas condições. “No natal, nós vamos levar vários brinquedos para escolas com filhos de imigrantes. Meu marido, mesmo não sendo brasileiro, está sempre disponível para ajudar as minhas causas”, relata.




 
Link
Notícias Relacionadas
Comentários »
Contato pelo whatsapp...
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp