19/11/2021 às 10h14min - Atualizada em 21/11/2021 às 00h01min

É HOJE! Mulheres empreendedoras: conheça histórias inspiradoras de mulheres que não desistiram de seus sonhos e resolveram empreender

30 milhões de mulheres administram um negócio próprio no país; 40% a mais após um ano de pandemia. Conheça alguns exemplos de mulheres que conquistaram o mercado de franquias brasileiro

SALA DA NOTÍCIA Raiza Rodrigues

O dia 19 de novembro, foi escolhido para celebrarmos o Dia Mundial do Empreendedorismo Feminino. A iniciativa da Organização das Nações Unidas, tem como objetivo incentivar e apoiar mulheres empreendedoras globalmente e combater a desigualdade de gênero no mercado de trabalho. 

No Brasil, elas vêm crescendo no mundo dos negócios: são 30 milhões de mulheres empreendedoras, quase metade da força empreendedora do país, segundo o Global Entrepreneurship Monitor. Só em 2020, esse número cresceu 40%, de acordo com a Rede Mulher Empreendedora, também impulsionado pela necessidade gerada pela pandemia de Covid-19. Outro ponto que mostra a força das mulheres empreendedoras é a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PNADC), feita pelo IBGE. De acordo com esta pesquisa, cerca de 9,3 milhões de mulheres estão à frente de negócios no país. 

É comum encontrar mulheres em cargos de liderança em grandes empresas, mas não tanto quanto deveria. Por conta das diferenças pelas quais passam no mercado de trabalho, muitas delas têm preferido investir no negócio próprio.

Uma das formas de fazer isso é pelo franchising. Hoje elas já são quase a metade dos franqueados no Brasil. Segundo dados da Associação Brasileira de Franchising (ABF) o estudo “Liderança Feminina no Franchising” mostra que as mulheres representam 48% dos franqueados. Conheça mulheres inspiradoras no mercado de franquias!

Isabelle Deógene - Depyl Action

O encanto e o desejo de empreender foi sendo amadurecido ao longo dos anos. Isabelle começou a trabalhar em 2003 com apenas 17 anos na Depyl Action, rede de franquias de depilação e cuidado com a pele e o pelo. No início, a jovem atuava como auxiliar administrativo. Com o passar do tempo Isabelle foi se desenvolvendo na empresa, de assessora administrativa, passou a assistente de operações de franquia, coordenadora de operações de franquia, gerente de operações de franquia, gerente de marketing e se tornou gerente de sucesso do cliente.

Em 2021, Isabelle recebeu uma proposta da CEO da Rede, Danyelle Van Straten, para se tornar uma franqueada. A ideia já havia já vinha sendo conversada, mas, só neste ano, Isabelle resolveu apostar em seu sonho e seguir com o seu projeto profissional, que ela ressalta ser ambicioso e muito positivo. “Minhas expectativas para o futuro são as melhores possíveis, acredito que toda a minha vivência no meio, trabalhando por tanto tempo dentro da Depyl Action, vendo o funcionamento da rede por dentro, de certo serão grandes diferenciais para me ajudar nessa nova trajetória. Tenho metas ambiciosas, minha ideia é que em três anos eu tenha outras unidades. Não vou parar na primeira”, destaca.

Daniela Lima e Silva  - Tintas MC 

A empresária Daniela Lima e Silva sempre gostou de desafios. Há três meses, com a economia ainda sentindo os impactos da pandemia, Daniela investiu em sua primeira franquia da Tintas MC. “Empreender não é uma tarefa fácil, todo dia é um desafio diferente. Nem sempre acertamos, mas o importante é conseguir dar a volta por cima. Desistir é uma palavra que não existe no meu vocabulário” conta a empresária. 

Segundo Daniela, o sucesso não veio sem dificuldades, especialmente em um meio em que as mulheres ainda lutam por maior espaço, como a construção civil, no entanto as expectativas são positivas e a empresária pretende abrir sua segunda unidade. “Infelizmente ainda vivemos em um mundo onde existe muito preconceito contra mulheres. Mas conseguimos evoluir bastante nos últimos anos e hoje existe mais respeito. É um orgulho fazer parte de uma parcela de mulheres que está fazendo algo para mudar essa mentalidade. Tenho uma filha e quero ajudar a construir um mundo melhor, onde ela saiba que é capaz de qualquer coisa”, explica. 

Aline Mendonça - Mineiro Delivery

O sonho de se tornar empreendedora para Aline Mendonça começou na adolescência, mas ficou adormecido e ela seguiu por outros caminhos, atuando como professora técnica e universitária por muitos anos. Aline se especializou, fez faculdade de engenharia de alimentos, mestrado em ciência e tecnologia de alimentos, mas, ainda faltava alguma coisa para que ela conquistasse de fato sua realização profissional. Foi nesse momento que ela decidiu largar tudo para viver seu sonho. “A minha vida era confortável, eu tinha estabilidade no meu emprego mas me faltava algo para me sentir completa. Decidi empreender e assumir o meu próprio negócio me tornando uma franqueada da rede Mineiro Delivery. Depois disso, quando percebi que de fato havia me encontrado, rasguei meus títulos, pois entendi que eu não precisava  dos papéis para ser realizada” explicou Mendonça.  

Em um ano na rede, a franqueada tem um balanço positivo do que conquistou até aqui e dá um conselho para futuras empreendedoras. “Ser mulher, mãe, empreendedora é um ato de coragem e um desafio diário, porém, muito realizador também. Para as mulheres que querem empreender eu digo que tenham força de vontade, independente da opinião das pessoas, nós mulheres podemos tudo”, finaliza. 


Link
Notícias Relacionadas
Comentários »
Contato pelo whatsapp...
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp