18/11/2021 às 11h32min - Atualizada em 19/11/2021 às 00h00min

Hackers Atacam Servidores De E-Mail Do FBI

Veja como isso foi possível

SALA DA NOTÍCIA Sérgio Maurício Feitoza
Olhar digital
Freepik

Os servidores de e-mail do FBI foram alvos de ataques de hackers que conseguiram disparar mensagens falsas como se fossem legítimas. Pesquisadores acreditam que um dos objetivos dos cibercriminosos era disseminar mentiras sobre um analista de cibersegurança.

A organização The Spamhaus Project, que investiga o envio de spam via e-mail, foi quem detectou uma série de mensagens enviadas em nome do FBI sobre um “ataque em série sofisticado” que estaria afetando o destinatário do e-mail. O alerta dizia que o pesquisador Vinny Troia, falsamente acusado na mensagem de ter vínculos com grupos hackers, era quem estava por trás do suposto ataque.

As mensagens eram enviadas como se fossem de fato disparadas a partir dos servidores de e-mail do FBI. Ou seja, para os destinatários, poucos elementos denunciavam que aquilo se tratava de um golpe. De acordo com o site Bleeping Computer, mais de 100 mil endereços de e-mail receberam as mensagens.

Hackers atacam servidores de e-mail do FBI e disparam mensagens falsas

Hackers atacam servidores de e-mail do FBI e disparam mensagens falsas

Invasão ao e-mail do FBI: ataque direcionado ou alerta?

Analistas de segurança acreditam que o ataque tenha um objetivo bem claro: disseminar mentiras a respeito do pesquisador Vinny Troia. Ele mesmo escreveu no Twitter desconfiar do fato, e apontou ainda um possível suspeito: um hacker conhecido como Pompompurin, que já atacou a reputação de Troia com mentiras no passado.

A desconfiança em cima de Pompompurin é compartilhada pelo pesquisador Brian Krebs, que diz ter recebido uma mensagem a partir dos servidores do FBI se identificado como o hacker. No entanto, Pompompurin disse a Krebs que o objetivo do ataque era de destacar as falhas de segurança existentes nos servidores da agência norte-americana.

O hacker ainda disse que, se quisesse, teria feito ataques mais sofisticados e usar credenciais falsas do FBI para pedir dados sigilosos a empresas.

Em um comunicado à imprensa, o FBI reconheceu o ataque e afirmou que o hardware impactado não está mais online. A agência não forneceu mais informações a respeito do episódio.

Fonte: Olhar digital


Link
Notícias Relacionadas
Comentários »
Contato pelo whatsapp...
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp