18/11/2021 às 11h33min - Atualizada em 18/11/2021 às 15h40min

Como o Grupo Sabará tem atuado em prol do combate às mudanças climáticas

O que as empresas estão fazendo para reduzir o seu impacto no mundo?

SALA DA NOTÍCIA Suzi Correa
gpimage.com.br
Grupo Sabará

Diante de um planeta que clama por mudanças há décadas, a pergunta que se faz é: O que as empresas estão fazendo para reduzir o seu impacto no mundo?  Nesse sentido, o Grupo Sabará, empresa que há 65 anos participa de diversas atividades e iniciativas em prol do desenvolvimento sustentável nos setores em que atua, entende que o momento em que vivemos é crucial para que o setor produtivo passe a ter uma postura de combate ao desequilíbrio no consumo predatório de recursos naturais. 

Com o intuito de incentivar ainda mais iniciativas proativas focadas em Governança Ambiental, Social e Corporativa (ESG), o Grupo apresentou recentemente o seu 6º Relatório de Sustentabilidade - com diversos números e ações muito relevantes não só para o cenário brasileiro, mas também de uma maneira global durante os anos de 2019/2020. 

Com isso, a empresa que atingiu em 2020 o maior faturamento anual em 64 anos, registrando a marca de R$ 274,4 milhões, busca compartilhar de modo transparente o caminho que tem percorrido e apontar de maneira clara a direção para a qual estão trilhando, e assim, incentivar que outras empresas também participem de ações que impactem de forma positiva o clima do planeta. Entre as iniciativas estão: 

  • Desde 2007, a empresa é signatária do Pacto Global da ONU, publicando anualmente sua Comunicação de Progresso sobre ações em prol dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentáveis (ODS) e Agenda 2030. 
  • Em 2016, o CEO da empresa, Ulisses Sabará, foi reconhecido como Local SDG Pioneer, pela Conferência de Líderes do Pacto Global, por sua atuação em prol do ODS 15: Vida na Terra. No último ano, o executivo se tornou porta-voz oficial desse ODS ao ser nomeado na iniciativa Líderes com ImPacto do Pacto Global Brasil.
  • A empresa tornou-se membro do CEO Water Mandate, uma plataforma que reúne líderes empresariais para enfrentar os desafios globais da água por meio da administração corporativa em parceria com a Organização das Nações Unidas (ONU). 
  • É a primeira empresa do Brasil e a primeira do setor químico na América Latina a ter as Metas Baseadas nas Ciências aprovadas (Science Based Targets Initiative - SBTi), iniciativa global coordenada em parceria por CDP, ONU, WRI (World Resources Institute) e WWF (World Wide Fund of Nature).  O Grupo Sabará comprometeu-se com uma redução de 30% de nossas emissões absolutas de Gases de Efeito Estufa (GEE) até 2030. Esse objetivo foi desdobrado em uma meta anual de redução linear de 2,5%, tomando por início de contabilização o ano de 2018, em que foi realizado o primeiro inventário de GEE. 
  • Não à toa, recebeu o Selo de Uso 100% de Energia Renovável para a planta localizada em Santa Bárbara d’Oeste – SP. 
  • Se tornou a primeira indústria do setor químico da América Latina a emitir títulos verde. A empresa captou R$ 20 milhões em Green Bonds por atender a critérios verdes, que permitem acesso a capital para projetos ambientais.
  • Em 2020, a empresa tornou-se membro do Carbon Disclosure Project (CDP) dentro da ferramenta Benchmark Club nos temas de Mudanças Climáticas e Segurança Hídrica.
  • No mesmo ano, também integrou o Conselho Empresarial Brasileiro para o Desenvolvimento Sustentável (CEBDS), uma das maiores plataformas de engajamento além do Pacto Global hoje no Brasil.

Nas cadeias químicas, especialmente a do cloro-álcalis, a questão de segurança ambiental é um ponto crucial, uma vez que o efeito saneante está atrelado à alta reatividade do produto que, se tratado de forma inadequada, pode gerar riscos às pessoas e ao meio ambiente. Com isso, o Grupo Sabará é hoje referência no que diz respeito à saúde e segurança, com certificações ISO-9001 (International Organization for Standardization) e PRODIR (Processo de Distribuição Responsável). Vale destacar ainda a realização de uma avaliação contínua de seus fornecedores além de exigir que todas as transportadoras sejam certificadas no Sassmaq (Sistema de avaliação de saúde, segurança, meio ambiente e qualidade).

Em relação à proteção, conservação e biodiversidade, a companhia atua preventivamente na diminuição de geração de resíduos e desperdícios, sendo certificada na ISO-14001. “Oferecemos logística reversa a quase 100% dos clientes nacionais das unidades de negócio BioE e Sabará Químicos e Ingredientes, contando com a reciclabilidade dos cilindros após a utilização e o desenvolvimento de embalagens biodegradáveis para este setor”, afirma André Tomazelli Sabará, Diretor de ESG, Marketing e Supply Chain do Grupo Sabará. 

A empresa também reafirma o compromisso em contribuir com a Agenda 2030 e os ODS de uma maneira geral, mas destacando neste projeto os objetivos 3 (Saúde e Bem-Estar), 6 (Água potável e saneamento), 8 (Trabalho decente e crescimento econômico), 9 (Indústria, inovação e infraestrutura), 11 (Cidades e comunidades sustentáveis), 12 (Consumo e produção sustentáveis) e, por fim, o objetivo 15(Vida terrestre).

O intuito é se manter como parte de uma cadeia global virtuosa, gerando propósito e buscando incentivar outras indústrias e pequenas e médias empresas a apostarem nessa jornada com iniciativas, das mais simples às mais complexas, indo de encontro à uma sociedade que age em defesa de questões ambientais e sociais, contribuindo para o avanço de uma economia mais sustentável. 

Confira o 6º relatório de Sustentabilidade do Grupo Sabará: https://gruposabara.com/relatorio-de-sustentabilidade/


Link
Notícias Relacionadas
Comentários »
Contato pelo whatsapp...
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp