17/11/2021 às 12h30min - Atualizada em 17/11/2021 às 12h30min

Avaí: dois jogos decisivos para voltar ao G-4 e conquistar o acesso à Série A do Brasileiro

Marcos Eduardo Carvalho
Vitória Marques/Avaí F.C.
O Avaí estava com o acesso para a Série A do Campeonato Brasileiro nas mãos. Tanto é que os estatísticos previam 85% de chances de o Leão da Ilha ficar com uma das quatro vagas de acesso na Série B.

No entanto, uma desastrosa sequência de empates em casa contra Vitória e CSA e a goleada de 4 a 0 sofrida fora de casa para o Guarani, em confronto direto no final de semana, tirou o time do G-4.

Se antes o Avaí, comandado pelo técnico Claudinei Oliveira, sonhava até com o título, agora está em quinto lugar, com 58 pontos, fora da zona de acesso.

Ainda restam mais duas rodadas até o final do campeonato e, se quiser voltar à elite depois de duas temporadas, terá que vencer os dois últimos jogos.

Se vencer o Náutico, praticamente descompromissado, o time catarinense já volta para o G-4 no domingo (21), em jogo marcado para as 19h.

Isso porque, na segunda-feira, o terceiro colocado Goiás, com 61 pontos, tem confronto direto fora de casa contra o Guarani, quarto colocado com 59 pontos.

Depois, na última rodada, o Avaí ainda fecha a participação contra o Sampaio Corrêa, que cumpre tabela, no dia 28 de novembro, em casa, a partir das 16h.

Expectativa

O meia Vinícius Leite, um dos destaques do time catarinense nestas temporada, ressalta que o time está totalmente focado no jogo em Recife neste domingo, onde vai tentar uma imediata e necessária reação.

“Estamos focados. Vai ser um jogo muito difícil. Precisamos somar os três pontos para conseguir na última rodada dependendo só da gente. Temos duas finais pela frente. Vamos concentrados, não será fácil, mas vamos em busca do nosso objetivo”, disse o atleta durante a entrevista coletiva.

Depois, ainda elogiou o adversário do final de semana e prevê um jogo dos mais complicados.
“Acompanhamos a equipe do Náutico. Fez uma ótima campanha, principalmente no primeiro turno, foi muito difícil enfrentá-los aqui na Ressacada”, finalizou.
Link
Notícias Relacionadas
Comentários »
Contato pelo whatsapp...
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp