26/11/2020 às 23h19min - Atualizada em 26/11/2020 às 23h19min

Figueirense empata em casa com o Botafogo aumenta drama na luta contra o rebaixamento

Marcos Eduardo Carvalho
Patrick Floriani/FFC
Em duelo de desesperados, o Figueirense ficou no empate sem gols contra o Botafogo de Ribeirão Preto na noite desta quinta-feira, no estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis, pela 24ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B.

Com o resultado, o time comandado pelo técnico Jorginho se mantém em 18º lugar e antepenúltimo lugar, com 21 pontos, cinco atrás do primeiro time fora da zona de rebaixamento e ainda com um jogo a mais. O time paulista é o penúltimo colocado, com 19 pontos ganhos.

Agora, o time catarinense completa sete partidas sem vitórias e aumenta o drama na luta contra o rebaixamento para a Série C do ano que vem. Sob comando de Jorginho, foram três jogos e ainda nenhuma vitória, com dois empates e uma derrota. O Botafogo, que vinha de quatro derrotas consecutivas, conseguiu segurar o Figueirense e ainda teve chances de vencer.

O Figueira volta a jogar na terça-feira, quando visita o Confiança, a partir das 19h15, em Aracaju-SE.

O JOGO.

O Botafogo começou o jogo bem melhor. Em 20min, já tinha feito duas finalizações a gol, contra apenas uma do Figueira. Em uma delas, a bola resvalou na trave.

A primeira grande chance do Figueira veio aos 27min, com Bruno Gonçalves, que recebeu passe em profundidade, driblou o goleiro, mas ficou sem ângulo e chutou na rede, pelo lado de fora.

Outra grande chance com o atacante veio aos 31min, quando entrou na área e chutou forte, mas o goleiro paulista fez grande defesa.

Antes do intervalo, o Figueira teve outra grande chance, desta vez com Bruno Michel, aos 43min, quando chutou de fora da área, de forma até despretensiosa, e acabou acertando a trave, antes de a bola sair pela linha de fundo. E aos 45min o Botafogo ainda teve tempo de assustar em cobrança de falta, que Sidão teve que se esticar para desviar para escanteio.

Depois do intervalo, Diego Gonçalves arriscou de fora da área logo aos 4min, a bola quicou na frente do goleiro do Botafogo, mas ele conseguiu rebater, na primeira chegada perigosa do Figueirense na segunda etapa.

Mas o Botafogo não estava morto e aos 11min, Robson aproveitou cruzamento de escanteio e cabeceou com perigo, para a primeira grande defesa de Sidão na etapa final.

O tempo ia passando, o gol não saía e o Figueirense foi se enervando. Aos 31min, quase sofreu gol, quando Rafinha chutou para o gol e o zagueiro Guilherme Thiago salvou em cima da linha.

O Figueira não conseguia pressionar e criar chances de gol. E ainda via o Botafogo trocar passes e tentar sair para os contra-golpes com mais perigo.

O time da casa só voltou a levar perigo aos 44min, em cobrança de falta de Diego Gonçalves, que o goleiro do Botafogo mandou para escanteio.
Link
Notícias Relacionadas
Comentários »
Contato pelo whatsapp...
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp