27/09/2020 às 10h13min - Atualizada em 27/09/2020 às 10h13min

Hamilton é punido, Bottas vence em Sochi e adia recorde

Da Redação
Divulgação
Lewis Hamilton tinha tudo para igualar o recorde de vitórias de Michael Schumacher na Fórmula 1 neste domingo (27) de GP da Rússia. Mas uma punição de 10 segundos impediu o feito e deu a vitória para o companheiro de equipe na Mercedes, o finlandês Valtteri Bottas, que teve Max Verstappen em segundo. Ainda assim, Hamilton ficou em terceiro e segue tranquilo na liderança do mundial, rumo ao heptacampeonato.
A jornada  em Sóchi começou a ser decidida antes mesmo da largada. Na saída dos boxes para alinhar no grid de largada, o britânico da Mercedes fez uma simulação de largada em local não designado pela direção de prova. Os comissários da FIA (Federação Internacional de Automobilismo) observaram duas infrações e, portanto, aplicaram duas punições de 5s cada. Assim, a vitória 91 ficou adiada por pelo menos mais duas semanas.

Max Verstappen fez o possível com o carro que tem às mãos e cruzou a linha de chegada na segunda colocação com a Red Bull. Restou a Hamilton se conformar com um lugar no pódio para finalizar em terceiro.
A próxima etapa da temporada 2020, o GP de Eifel, em Nürburgring, vai ser realizado em 11 de outubro, às 10h10
Link
Notícias Relacionadas
Comentários »
Contato pelo whatsapp...
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp