12/11/2020 às 17h57min - Atualizada em 12/11/2020 às 17h57min

Com um jogador a mais, Guarani perde em casa, de virada, com dois gols nos acréscimos

Marcos Eduardo Carvalho
Fabio Coradin/Guarani de Palhoça
Com um jogador a mais durante todo o segundo tempo, o Guarani de Palhoça sofreu dois gols nos acréscimos e perdeu de virada por 2 a 1 para o Próspera de Criciúma na tarde nesta quinta-feira, no estádio Renato Silveira, em Palhoça, pela terceira rodada do Campeonato Catarinense da Série B.

Com o resultado, o time comandado pelo técnico Gustavo Silva segue com apenas um ponto, na vice-lanterna da competição, em três partidas disputadas. O time de Criciúma, que é treinado por Paulo Baier, chegou aos 6 pontos, assumindo a liderança.

Esta foi a segunda partida seguida que o time de Palhoça joga com um a mais e não consegue vencer – contra o Fluminense, em Joinville, não conseguiu sair do 0 a 0. E também foi o segundo jogo em casa e com derrota por 2 a 1. Na estreia, já havia perdido para o Nec, também com gol no final do jogo.

Agora, o Bugre volta a jogar na segunda-feira, dia 16, quando visita o Barra, em Itajaí, às 18h, onde tenta a recuperação.

Nesta quinta, o primeiro tempo foi fraco tecnicamente, com poucas chances de gol. Mesmo como mandante, o Guarani não conseguia articular jogadas de perigo. E o Próspera chegava até com mais objetividade.
Aos 47min, o Próspera teve o jogador Galhardo expulso, direto, por cometer falta violenta, deixando o time da casa com um a mais por todo o segundo tempo.

Veio a segunda etapa e, com ela, uma chuva também muito forte na região, atrapalhando o bom andamento da partida. Mesmo em vantagem numérica, o Guarani não conseguia explorar o momento para pressionar o adversário.
Porém, aos 24min, após cobrança de escanteio pela esquerda feita por Daniel Melo, o zagueiro César subiu de cabeça e desviou no canto direito, alto: 1 a 0 para o Guarani.

O Bugre estava com a vitória bem encaminhada, mas aos 45min, após cobrança de falta pela esquerda, Alex Bruno empurrou a bola para o fundo da rede, empatando o jogo em 1 a 1.

E, para piorar, aos 47min, a defesa do Guarani cometeu pênalti. Na cobrança, Alex Bruno chutou, o goleiro defendeu e o jogador pegou o rebote para virar.

O Guarani ainda partiu para o abafa nos minutos que restaram de acréscimo, passando dos 50min, mas não conseguiu empatar.
 
 
 
Link
Notícias Relacionadas
Comentários »
Contato pelo whatsapp...
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp