01/10/2021 às 15h43min - Atualizada em 01/10/2021 às 17h00min

Dia do Idoso: conheça empreendedores que investiram em franquias depois dos 60 anos

Mais de 18% dos brasileiros desta faixa etária ainda trabalham

SALA DA NOTÍCIA Iris Sanchez
Divulgação
No mundo todo, a data de 1º de outubro marca a comemoração do Dia do Idoso, e engana-se quem pensa que passar dos 60 anos significa aposentar-se e não trabalhar mais. Cerca de 18,5% dos quase 40 milhões de brasileiros acima desta idade ainda trabalha e 75% contribuem para a renda de onde moram. Mas muitos, ainda, decidem empreender.

Trouxemos histórias de alguns empresários que decidiram investir em uma franquia a partir dos 60 anos para provar que é sim possível produzir mesmo depois da aposentadoria.

João Portella, 61 anos: Investiu na franquia integrada Ceopag e Ceofood
João Portella decidiu que, aos 61 anos e depois de passar anos construindo uma poupança, resolveu que impulsionar a carreira dos filhos recém-formados seria construir, de fato, um verdadeiro negócio em família. E sua experiência em franquias vem antes disso: manteve uma loja de chocolates por 11 anos ao lado de seu filho Fábio, que é administrador de empresas. Hoje, eles são franqueados do aplicativo de delivery Ceofood e da fintech de meios eletrônicos e inteligentes de pagamento Ceopag. Além disso, João atua como conselheiro e consultor na farmácia de manipulação que montou com a filha Sabrina, graduada em Farmácia.

“Decidi investir no franchising para unir o útil ao agradável. Uma boa franquia é como você se associar a uma empresa já testada, com maior segurança de dar certo. Fazer isso com os filhos, garante a complementação da aposentadoria e o futuro de todos”, declara o empresário.

Beatriz Tedesco Guimarães, 61 anos: tornou-se franqueada da rede Via Certa
Após se aposentar, Beatriz Tedesco Guimarães, de 61 anos, encontrou na rede de franquias Via Certa um conjunto ideal de vantagens para se tornar uma franqueada, como o suporte de RH, Vendas e Pedagógico. Contando também com a área do franqueado, com todas as orientações por setor, tutoriais, treinamentos e a UNIVC – Universidade Via Certa acessível para os franqueados e todos os colaboradores. As reuniões mensais entre a franqueadora e os franqueados norteiam as tomadas de decisão que são totalmente amparadas pelo sistema de gestão.

“Sempre tive o desejo de adquirir uma franquia e as pessoas precisam se preparar para a aposentadoria. É a hora de tirar do papel os projetos que foram adiados por algum motivo. Encontrar o rumo certo nesta etapa da vida é, sem dúvida, um privilégio. E isso eu encontrei voltando ao mercado de trabalho através da minha unidade da franquia Via Certa”.

Sidney Eduardo Kalaes, 60 anos: de falido à empresário (CEO) do Grupo Kalaes
Sidney Eduardo Kalaes, antes de ser o presidente do Grupo Kalaes, holding de franquias multisetoriais, tinha uma empresa milionária de revenda de computadores importados. Com a mudança repentina nas regras de importação, o negócio faliu. Kalaes tentou buscar ajuda com um amigo e que havia montado uma empresa semelhante, mas recebeu um não. “Ele se recusou a me ajudar, afirmando que eu poderia ‘contaminar’ a empresa dele”, lembra.

Por acaso, Kalaes entrou no franchising, pois havia começado a vender computadores para uma franquia que estava iniciando. Então, mergulhou no ramo, mudou processos da unidade que adquiriu. Com o sucesso, Kalaes se tornou máster franqueado desta rede e de outra de beleza, tendo 200 franquias sobre seu comando. Foi quando, aos 60 anos, decidiu vender a sua parte no negócio e fundar a própria holding, o Grupo Kalaes, hoje com as redes Maislaser, Instituto Ana Hickmann e Além do Olhar – Ateliê de Sobrancelhas e Odonto Special, hoje com mais de 400 franquias. 

Link
Notícias Relacionadas
Comentários »
Contato pelo whatsapp...
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp