16/09/2021 às 18h03min - Atualizada em 17/09/2021 às 00h00min

Mobilidade colaborativa: avisos de lotação e atraso no transporte público são os principais alertas do aplicativo da Quicko em SP

Aumento do número de reportes no Quicko App na cidade, entre os meses de junho e agosto deste ano, reforça a importância de ferramentas colaborativas para ajudar usuários do transporte público, especialmente no contexto da pandemia

SALA DA NOTÍCIA Saulo Novaes
www.quicko.com.br
Quicko/Divulgação

São Paulo, setembro de 2021 -  Um levantamento recente da Quicko, aplicativo brasileiro para usuários do transporte público, indicou que no mês de agosto de 2021 a interação dos passageiros de ônibus triplicou no aplicativo se comparado a junho do mesmo ano.  Esse aumento se dá pela retomada gradual das atividades em  São Paulo e, com isso, do uso do transporte público na cidade. Em 2019, o número médio de passageiros que se deslocavam todos os dias pela cidade era de 8,4 milhões, mas em 2020 esse número caiu para 5,3 milhões de passageiros. 

No mês de agosto de 2021, os avisos de lotação e atraso do aplicativo da Quicko  foram utilizados mais de 300 mil vezes. Boa parte desses avisos está relacionada à demora dos modais na cidade, cerca de 78,4%, e à superlotação (9,7%). Com o avanço da vacinação e a retomada gradual das atividades, o transporte público vem recebendo cada vez mais passageiros. Só em agosto de 2021, a SPTrans registrou mais de 149 milhões de pessoas utilizando o transporte público na cidade de São Paulo, o maior número desde o início da pandemia, em março de 2020.

Para Bruna Célis, 29 anos, moradora do Jardim Vista Alegre, em São Paulo, a interação é fundamental para saber quais rotas escolher em suas viagens urbanas. “O aplicativo me ajuda muito; uso pra saber o horário dos ônibus e para não perder muito tempo no ponto, buscando trajetos alternativos. Se tem atrasos e a situação se complica, a gente fica sabendo rapidamente e procuro sempre avisar outros usuários pela plataforma quando isso acontece. Sempre vejo os alertas e tenho conseguido pegar ônibus mais vazios nesses últimos meses; estou gostando da experiência”, diz a cuidadora de idosos e mãe de quatro crianças, que se desloca de ônibus para as regiões da Casa Verde ou Barra Funda.

O levantamento da Quicko indicou ainda que 6,7% dos alertas de usuários apontavam que estava tudo certo com os ônibus da sua rota. Soluções como as da Quicko ajudam na construção de uma mobilidade colaborativa que se tornou ainda mais importante para a qualidade e segurança dos deslocamentos em meio à pandemia.

Todas as informações inseridas pelos próprios usuários ficam disponíveis para que outros viajantes que utilizam a plataforma possam consultar e tomar a melhor decisão na hora de escolher como chegar ao seu destino. Seja utilizando uma linha alternativa que não está lotada, uma bicicleta, um aplicativo de transporte privado ou até a pé. A funcionalidade está disponível no app da Quicko, gratuitamente, para usuários de São Paulo, Rio de Janeiro, Salvador, Recife, Porto Alegre, Natal, Curitiba, Campinas e Belo Horizonte. 

“Queremos fortalecer cada vez mais a comunidade de quem usa o transporte público, contribuindo com a segurança dos usuários e com a facilidade no deslocamento. Aliando com outros recursos do app, como a possibilidade de traçar diversos trajetos e por vários meios de transporte para chegar até o destino, os usuários poderão tomar decisões com base em cenários mais claros, como lotação de transporte e atrasos”, afirma o CEO.

 

Sobre a Quicko 

Criada em setembro de 2018, quando recebeu um aporte inicial de US$10 milhões, a Quicko lançou o seu aplicativo no mercado em novembro de 2019. A startup nasceu da parceria entre o Grupo CCR e a J2L para desenvolver uma plataforma Mobility as a Service (MaaS), ou Mobilidade como Serviço, focada na experiência dos usuários do transporte público. 

 A plataforma da Quicko reúne no mesmo app tudo o que as pessoas precisam para se deslocar com mais conveniência e inteligência pela cidade. Entre as funcionalidades do aplicativo estão: recargas de cartões do transporte e celular pré-pago, informações em tempo real sobre o horário de chegada dos ônibus, sugestões de rotas e localização de estações de compartilhamento de bicicleta. Além disso, o passageiro também pode escolher sua linha de ônibus e monitorar o seu trajeto, reportando ainda ocorrências no transporte, além de compartilhar as suas rotas. 

No início de 2021, a empresa recebeu uma rodada Series B de R$100 milhões. Hoje, a empresa possui mais de 80 colaboradores e atua em nove cidades do Brasil, disponibilizando o app em São Paulo, Rio de Janeiro, Campinas, Curitiba, Porto Alegre, Belo Horizonte, Fortaleza, Natal e Salvador. O time de liderança é formado por Pedro Somma (CEO), Carolina Badaró (COO), Felipe Cuconati (CFO) e Uriel Jaroslaswki (CTO/CPO). 

Acesse quicko.com.br e saiba mais. 


 
Link
Notícias Relacionadas
Comentários »
Contato pelo whatsapp...
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp